Pular para o conteúdo
Imagem do brasão composta por quatro elementos: escudo, flor de lis, archotes e lema.
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Agendamento de refeições nos Restaurantes Universitários (RUs) inicia com sucesso

A obrigatoriedade do agendamento para a realização de refeições nos Restaurantes Universitários (RUs) iniciou com sucesso, nesta quarta-feira (12), no campus-sede. Desde ontem, quem for utilizar os serviços do RU precisa efetuar o agendamento por meio do portal da UFSM ou do aplicativo UFSM Digital.

Conforme o reitor Paulo Burmann, a medida tem por principal objetivo reduzir o desperdício de alimentos, especialmente sob o aspecto humanitário, diante de um cenário de 5,2 milhões de pessoas que sofrem com a fome no Brasil, segundo relatório da ONU divulgado nesta semana – o equivalente a 2,5% da população que ficou um ou mais dias sem consumir alimentos em 2017.

“O agendamento sustentável, que está sendo proposto, contribui decisivamente para a economia de recursos públicos e para reforçar o compromisso social da instituição”, destaca o reitor. De acordo com Burmann, a economia gerada pelo agendamento será revertida em novos investimento para a assistência estudantil, entre outros benefícios.

Apenas nesta quarta, foram realizados 8438 agendamentos de refeições, entre café da manhã, almoço e jantar nos dois RUs do campus Camobi e no RU do Centro de Santa Maria. O pró-reitor de Assuntos Estudantis, Clayton Hillig, que acompanhou o primeiro dia de implantação do agendamento, relata que quase totalidade dos estudantes elogiou a iniciativa, parabenizando a gestão por trabalhar pela redução de desperdícios.

No RU I, em Camobi, um grupo de cerca de 20 estudantes promoveu manifestação contrária à medida, violando o acesso ao restaurante. Um deles chegou inclusive a agredir uma servidora. A Reitoria lamenta essa atitude agressiva e que representa uma afronta aos princípios humanitários e aos espaços públicos democráticos. Informou, igualmente, que tomará as medidas necessárias para garantir a segurança dos usuários e a responsabilização do agressor.