Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto fomenta produção cultural surda



Criado em 2002, o Projeto Mãos Livres da UFSM busca pesquisar sobre a produção de artefatos bilíngues, promovendo a construção do conhecimento da população surda brasileira. Desde sua fundação, a proposta se dedicado à educação dos surdos, ao reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e à produção de artefatos culturais para a comunidade surda.

O projeto conta com 17 colaboradores, entre integrantes da Associação dos Surdos de Santa Maria, acadêmicos surdos da UFSM, professores surdos do Departamento de Educação Especial e intérpretes do Núcleo de Acessibilidade, da Coordenadoria de Ações Educacionais.

O Mãos Livres trabalha em quatro interfaces. A primeira compreende livros bilíngues de literaturas popular e erudita, apresentados em formato impresso e digital. A segunda são os artefatos educativos em Libras, que tratam sobre diferentes áreas do conhecimento como Matemática, Geografia, História, Preservação da Cultura Tradicional. A terceira interface contempla vídeos de literatura em Libras, que apresentam temas científicos, filosóficos e culturais contemporâneos com interpretação, tradução e/ou dramatização de lendas, mitos e contos  de clássicos nacionais e internacionais. O último eixo é composto de vídeos de narrativas de vida sinalizadas em Libras, com protagonistas surdos relatando suas histórias de vida. 

Segundo a professora Melânia de Melo Casarin, do Departamento de Educação Especial, o público sempre recebeu muito bem o projeto. Na época em que foi criado, o Mãos Livres existiam poucas iniciativas em Porto Alegre sobre a produção de livros em Libras. Até hoje há procura das obras em formatos impresso e digital. “Nós temos percebido atitudes favoráveis tanto da comunidade surda, quanto dos professores e ouvintes em todo país”, comenta.

O processo de publicação no Brasil ainda é muito caro, quando se trata em publicação impressa, aponta a professora. A partir disto, o projeto teve a ideia de criar um sítio, em que toda a materialidade ficasse disponibilizada para a comunidade a partir da aba “livros digitais”.

 3ª Mostra Projeto Mãos Livres

O projeto Mãos Livres realiza mostras anuais com temas da contemporaneidade relacionados com educação de surdos. Falar hoje sobre fomentadores de cultura, divulgadores da cultura surda pela internet é uma discussão premente. Visando discutira o tema, uma das palestras deste ano será “Produção Cultural Surda na Internet: Influenciadores Digitais”, contando com a presença dos irmãos Tainá e Andrei Borges, moradores de Caxias do Sul. Eles mantêm o canal Visurdo, no Youtube, onde manifestam as impressões e opiniões sobre os  temas referentes à cultura surda.

Outro assunto a ser debatido é a cultura surda na atualidade e suas diferentes interfaces. A palestra “Culturas Surdas e Modos de Vida” será ministrada pela professora Anie Pereira Goularte Gomes, do Departamento de Educação Especial, que elabora tese de doutorado sobre o tema.

O diferencial da Mostra, neste ano, é que o livro “Antônio, o Viajante”, primeiro volume de uma coleção. A obra será entregue sem custos aos inscritos na mostra que estiverem no lançamento.  

Para Melânia, a importância da realização da mostra é manter viva a experiência do projeto, produzir e dar retorno à comunidade surda de Santa Maria em um momento de interação interpessoal.

A 3ª Mostra Projeto Mãos Livres será realizada no dia 14, às 13h30, no Auditório Audimax, no Centro de Educação.  As inscrições podem ser feitas pelo site

PROGRAMAÇÃO

13h30 – Credenciamento

14h – Abertura com professora Melânia de Melo Casarin

14h15 – Produção Cultural Surda na Internet: Influenciadores Digitais

Bate-papo com Andrei Borges e Tainá Borges com mediação de Helenne Sanderson

15h – Culturas Surdas e Modos de Vida

Professora Anie Pereira Goularte Gomes e Helenne Sanderson com mediação da professora Carlissa Dall’Aba

15h45 Apresentação Artística

16h15 Coffee break com lançamento de “Antônio, o viajante”, pela Editora Facos/UFSM

Texto: Laura Coelho de Almeira, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Notícias

Edição: Maurício Dias


Publicações Recentes