Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

Avaliação Docente referente ao 2º semestre de 2018 está disponível no Portal do Aluno

Estudantes de cursos presenciais de graduação e dos ensinos médio e técnico já podem fazer a avaliação de seus professores, na quinta edição da Avaliação do Docente pelo Discente, referente ao segundo semestre de 2018. O questionário online pode ser acessado via Portal do Aluno e ficará disponível até o dia 15 de março de 2019.

A Avaliação Docente é desenvolvida pela Comissão Própria de Avaliação (CPA), com o apoio das Comissões Setoriais de Avaliação (CSAs) de cada unidade e operacionalizada pela Coordenadoria de Planejamento e Avaliação Institucional (Coplai), vinculada à Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan).

A pesquisa tem como objetivo obter indicadores sobre o desempenho dos professores da UFSM em sala de aula, visando a qualificação do corpo docente da instituição. Além disso, a avaliação também serve como subsídio para a progressão funcional dos docentes das classes A, B e C, conforme determinação legal prevista pela Portaria nº.554, de 20 de junho de 2013.

O questionário de avaliação é composto por 18 itens na graduação, e 15 para estudantes dos ensinos médio e técnico. De acordo com a pró-reitora de Graduação, professora Martha Adaime, a pesquisa avalia como as disciplinas estão sendo ministradas em termos de cumprimento do programa, domínio do conteúdo pelo docente, se o professor relaciona a disciplina com as demais, a utilização de metodologias adequadas, a compatibilidade das avaliações com os conteúdos ministrados, se o professor estabelece diálogo, recebe críticas, dentre outras.

Os estudantes devem responder à pesquisa avaliando cada um dos professores com quem tiveram aulas durante o segundo semestre de 2018. A avaliação não é obrigatória, mas a participação dos discentes é fundamental para a qualificação constante dos professores. O processo é totalmente sigiloso, garantindo que os estudantes não possam ser identificados pelos professores avaliados.

O coordenador de Planejamento e Avaliação Institucional, Fernando Pires Barbosa, reforça a importância da participação dos alunos. “Temos conseguido evoluir nos resultados e os estudantes têm nos apoiado muito. Há perguntas de texto livre em que é possível deixar dicas e comentários ao docente para que ele reveja aspectos da sua forma de ministrar as aulas. E temos relatos de docentes que mudaram suas aulas em função disso”.

Quanto às críticas ou sugestões, há um aspecto importante: a cordialidade no momento de redigir o texto. “Ao fazer uma crítica a uma pessoa ou a um comportamento, é importante fazer isso de maneira cordial e respeitosa. Não só por uma questão de respeito ao próximo, mas também porque aumenta as chances de que esta pessoa compreenda a informação e a assimile”, comenta o coordenador.

Os resultados da Avaliação serão disponibilizados aos docentes, chefes de departamento, coordenadores de curso, diretores de centro e Comissões Setoriais de Avaliação. À comunidade universitária de modo geral serão disponibilizados os relatórios elaborados pela CPA e as CSAs.

Mudanças baseadas nos resultados da avaliação já podem ser sentidas, mas é preciso ter paciência. Segundo Fernando, “ainda há um pouco de ansiedade quanto a mudanças, mas precisamos lembrar que o processo de avaliação é recente, foram apenas quatro edições até agora. Por isso é de extrema importância que os estudantes continuem respondendo as perguntas, que a participação seja cada vez maior. Assim podemos melhorar o processo como um todo”.