Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

UFSM recebe recursos do Ministério do Esporte para modernização de laboratórios

CEFD terá nova pista de atletismo

O Ministério do Esporte liberou nesta semana o montante de R$ 3.122.164,71 para aplicação na modernização de laboratórios do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da UFSM. O recurso soma-se aos R$ 7,9 milhões liberados pelo mesmo Ministério, em setembro, destinados à construção de uma pista de atletismo sintética na Universidade, seguindo os padrões olímpicos. Os investimentos têm como objetivo qualificar a estrutura da UFSM para a formação e o treinamento de atletas de alto rendimento, além de contribuir para o desenvolvimento de pesquisas científicas relacionadas à prática esportiva.

De acordo com o secretário nacional de esporte de alto rendimento do Ministério do Esporte, o professor aposentado e ex-diretor do CEFD Luiz Celso Giacomini, os investimentos na UFSM visam favorecer o desenvolvimento dos atletas, por meio de um trabalho articulado entre o treinamento esportivo de alto nível e a pesquisa científica. “Com a nova pista, os atletas da UFSM poderão realizar treinamentos em uma situação de competição. Enquanto isso, os laboratórios irão acompanhar o desenvolvimento desses atletas e, através de pesquisas científicas, propor a sua melhoria. É um trabalho articulado, com o qual nós esperamos, a médio prazo, tornar a Universidade um centro de referência esportiva”, afirmou Giacomini.

Em Brasília, o reitor, Paulo Afonso Burmann, comemorou a liberação dos recursos, que, somados, devem se constituir em ações e oportunidades para toda a rede regional de esportes, incluindo escolas de educação básica – consideradas espaços de prática esportiva e de formação de atletas. “Não temos dúvidas dos ganhos que esses investimentos vão representar em termos de estímulo ao esporte na região, oportunidades para toda a comunidade, assim como para o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão na área esportiva da nossa universidade”, avaliou o reitor.

Rede Nacional de Treinamento

Ainda nesta terça-feira (27), junto ao Ministério do Esporte, o reitor concluiu o cadastramento da UFSM na Rede Nacional de Treinamento, constituída pelo Ministério do Esporte. “A inclusão nessa rede nacional  insere a Universidade no circuito diferenciado de instituições de ensino vinculadas ao esporte no Brasil e projeta a UFSM nacional e internacionalmente. Isso é motivo de muito orgulho e satisfação”, resumiu Burmann.

Segundo Giacomini, a Rede tem como objetivo fortalecer o desenvolvimento de atletas, por meio da constituição de centros de desenvolvimento do esporte. “Esses centros vão acolher os atletas que se destacam na região e propor um treinamento mais apropriado para seu desenvolvimento. Professores e pesquisadores na área de talentos esportivos serão os responsáveis por buscar aqueles atletas com perfil adequado para cada modalidade e conduzir o seu desenvolvimento por meio de ações técnicas e científicas conjugadas”, explica o secretário.

Pista de Atletismo

Em setembro, o Ministério do Esporte anunciou a liberação de R$ 7,9 milhões para a construção da nova pista de atletismo da UFSM.  De acordo com o pró-reitor de Planejamento, Frank Casado, o valor já foi empenhado e a Universidade, neste momento, está dando os encaminhamentos administrativos para a execução da obra.

A pista deverá ser construída onde hoje está a atual pista do CEFD, no campus sede, em Camobi. Com piso sintético, a nova estrutura terá 400 metros e oito raias, seguindo os padrões internacionais de atletismo, o que qualificará a UFSM para sediar competições nacionais e internacionais.

Texto: Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

Foto: Arquivo Agência de Notícias/UFSM