Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto cria réplicas de fósseis para captar recursos para o Cappa/UFSM



Vários souvenires de fósseis, incluindo chaveiros e réplicas de crânios de dinossauros
Réplicas de fósseis que serão utilizadas como souvenires no Cappa

O projeto “Oficina de réplicas e souvenires do Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Quarta Colônia – CAPPA” tem como objetivo produzir e vender réplicas de fósseis de pequeno e médio porte, com alta resolução. A proposta, coordenada pelo professor e biólogo Flávio Augusto Pretto, do Cappa, do Centro de Ciências Naturais e Exatas, volta-se para a produção de réplicas para museus e souvenires para a Mostra Paleontológica do Cappa.

O intuito do projeto é difundir o acervo dos fósseis da região da Quarta Colônia, que está no Cappa, para outras instituições, além de disponibilizar aos visitantes peças e materiais sob aforma de souvenires. Há também a previsão de criar coleções didáticas, com base nos fósseis encontrados na região. Portanto, o projeto tem dois aspectos,comercial e museológico.

Museus do mundo inteiro vendem itens temáticos, como camisetas, chaveiros e réplicas de peças do próprio acervo. O valor proveniente da comercialização dos produtos tende a ser revertido na manutenção das exposições e fomentar a continuidade das pesquisas.

O aspecto museológico tem como objetivo garantir a preservação das peças mais frágeis e permutar com outras instituições e colecionadores. Os espécimes mais frágeis tendem a ser expostos com réplicas de alta fidelidade, enquanto os originais ficam resguardados em salas de reserva técnico-científica. Já a permuta de réplicas é considerada uma prática corriqueira e possibilita a disseminação do conhecimento paleontológico.

A cópia dos materiais é realizada tanto manual quanto digitalmente, incluindo processos de modelagem e impressão 3D. Como resultado, são obtidas réplicas em ABS ou em resina de poliéster, materiais duráveis, e que após o tratamento ficam com aparência similar ao real.

Visitação

A visitação é guiada pelos paleontólogos do centro. As visitas em grupos superiores a dez pessoas devem ser agendadas com antecedência através do e-mail: cappa@ufsm.br. Mais informações no site

Texto: Kelly Martini, assessora de imprensa da Fatec


Publicações Recentes