Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Professores da UFSM participam de desenvolvimento de software para diagnóstico nutricional em videiras



Professores vinculados ao Departamento de Solos e Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo da UFSM participaram do desenvolvimento do (CND-Uva), software para diagnosticar o estado nutricional de videiras, recentemente registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O software foi desenvolvido pela integração de uma equipe multidisciplinar de inúmeras instituições no Brasil, como a UFSM, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Uva e Vinho, Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) e Université Laval, Québec, no Canadá.

A metodologia que compõe o software CND-Uva (Vitis vinífera L.) está baseada em um método de análise multivariada, denominado CND (Compositional Nutrients Diagnosis). O método consiste na avaliação das concentrações de nutrientes presentes no tecido vegetal específico para a videira, com base em dados de amostras de uma população de referência, ou seja, de alta produtividade. Dessa forma, o produtor após enviar ao laboratório as amostras foliares de seu vinhedo, poderá informar ao programa os dados correspondentes as concentrações de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Cu, Fe, Mn e Zn), para que o software realize os procedimentos matemáticos para fornecer os índices para cada nutriente (IN, IP, IK, … IZn), além da medida geral (CND-r²).

Nutrientes que apresentarem índices negativos e positivos representam, respectivamente, o desequilíbrio químico pela falta e pelo excesso. Quanto maior for o valor do índice geral, maior será o desequilíbrio químico dos nutrientes avaliados.

O software estabelece o balanço nutricional na área de produção, auxiliando no manejo sustentável da adubação, contribuindo na otimização de recursos financeiros, a fim de maximizar o retorno econômico e contribuir com o equilíbrio nutricional e, por consequência, o ambiental.

O software pode ser acessado gratuitamente pelos interessados na página do Gepaces ou na página da Unesp . Os interessados também poderão obter maiores informações sobre o software entrando em contato com o Prof. Gustavo Brunetto, que é vinculado a UFSM, pelo e-mail brunetto.gustavo@gmail.com


Publicações Recentes