Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Reunião com secretária de Saúde do RS aborda contrato com HUSM e reabre debate sobre Hospital Regional



Reitor Paulo Burmann debate com a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, a situação do Hospital Universitário e Hospital Regional

Na tarde de segunda-feira (1), em Porto Alegre, o reitor da UFSM, Paulo Burmann, participou de uma reunião com a Secretária de Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, e com a secretária adjunta da pasta, Aglaé Regina da Silva. O reitor esteve acompanhado pela equipe diretiva do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), a superintendente, Elaine Resener, o gerente administrativo, João Batista de Vasconcellos, e a gerente de atenção à saúde, Soeli Guerra. Também esteve presente Fabio Landin Campos, representando a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O principal assunto tratado na reunião foi a atualização do contrato do Estado do Rio Grande do Sul com o HUSM. Segundo a direção do Hospital, atualmente o HUSM presta serviços além do previsto porque a demanda é maior do que o especificado em contrato, o qual não é revisado desde 2016. Outro problema é que a contratualização atual não cobre os serviços de urgência e emergência.

A secretária de Saúde apresentou uma proposta de um novo contrato, cujos detalhes serão analisados pela equipe do HUSM e discutidos em nova reunião na próxima quinta-feira (4). A expectativa é de que, em no máximo 30 dias, o documento seja assinado e publicado.

Hospital Regional

Na mesma reunião, o reitor Paulo Burmann propôs a reabertura do debate sobre a possibilidade de parceria entre Estado e UFSM em prol do Hospital Regional. A proposta envolve a transferência de setores existentes no HUSM para o Regional e a abertura de cinquenta leitos para internação. No momento, o Hospital Regional presta atendimentos à população com cerca de 90 consultas por semana, mas ainda não disponibiliza leitos em sua estrutura.

Segundo o reitor, a proposta da gestão do Regional pela Ebserh havia sido apresentada em momentos anteriores, mas acabou não sendo aceita por parte do Governo do RS. Para Burmann, haveria grandes dificuldades para o Estado assumir a gestão do Hospital Regional e a UFSM se dispõe a construir uma alternativa. “A questão do Hospital Regional é central para nós, pois com seu funcionamento teríamos um compartilhamento de responsabilidades entre o Estado e a UFSM”, afirma Burmann.

O reitor sugeriu como uma possibilidade a ser estudada a transferência dos setores de traumato-ortopedia e reabilitação do HUSM para o Hospital Regional. “Gostaríamos de discutir tecnicamente as possibilidades de construir uma proposta e de trabalharmos juntos em uma parceria forte sobre isso. Todos queremos o melhor para a população de Santa Maria”, diz.

Já a secretária de Saúde registrou a disposição da UFSM em retomar o assunto, sinalizando que a ocasião se tratou da primeira reunião formal da nova gestão do Governo do Estado para tratar do assunto. “Ainda não temos uma posição sobre isso, mas registramos sua disposição em retomar o tema”, declarou Arita. Ela afirmou que a Secretaria está buscando recursos para equipar o Hospital Regional junto ao Ministério da Saúde. “Estamos trabalhando para um novo Hospital Regional de Santa Maria, que venha a prestar assistência hospitalar em cardiologia, neurologia e traumatologia”, afirma.

Texto: Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor


Publicações Recentes