Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Campus da UFSM em Cachoeira do Sul será inaugurado neste sábado pelo vice-presidente



O novo Campus da UFSM Cachoeira do Sul será inaugurado neste sábado (15), em cerimônia às 11h no Centro de Convenções, no campus sede, com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão. Juntamente com o reitor Paulo Afonso Burmann, o vice-presidente inaugura um conjunto de 16 prédios da universidade, situados no campus sede, nos campi de Cachoeira do Sul, Frederico Westphalen e Palmeira das Missões e no Espaço Multidisciplinar de Pesquisa e Extensão de Silveira Martins.

O convite para a inauguração havia sido aceito pelo vice-presidente em abril, quando este recebeu o reitor Paulo Burmann em seu gabinete, em Brasília. A ideia inicial era que a inauguração fosse realizada em Cachoeira do Sul, mas devido a ajustes na agenda do vice-presidente, a inauguração teve de ser transferida para o campus sede.

Imagem mostra quatro prédios, dois à frente. Todos têm três andares paredes laterais azuis e paredes frontais em branco
Ocupação dos novos prédios do campus iniciou em janeiro deste ano

Novo campus – Com atividades iniciadas em 11 de agosto de 2014, o campus de Cachoeira do Sul conta com cinco cursos de graduação: Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Agrícola e Engenharia de Transportes e Logística. Desde o princípio das atividades, o campus ocupou instalações provisórias de cinco imóveis alugados no centro da cidade.

Desde 24 de janeiro deste ano, o campus iniciou a ocupação das instalações próprias, na localidade do Passo da Areia, com área de aproximadamente 84 hectares. Dos 12 prédios com obras iniciadas, apenas três foram concluídos: dois blocos de sala de aula e um prédio de apoio, no qual funciona o Restaurante Universitário, em caráter provisório.

Ainda estão em construção dois prédios de sala de aula, quatro prédios de laboratórios e um prédio de moradia estudantil. Além disso, está em reforma o prédio administrativo, que já existia no campus. No entanto, para a finalização destas obras, ainda falta a complementação de recursos orçamentários. São necessários R$ 173.243,99 para laboratórios e R$ 98.395,23 para a reforma do prédio administrativo.

Além disso, há a previsão de outras obras que ainda cuja execução ainda não começou devido à falta de recursos, como a reforma de um pavilhão para instalação do Restaurante Universitário, a construção de um prédio administrativo e de um laboratório de pós-colheita. O recurso necessário para a execução das novas obras é de R$ 5.072.099,54.

O pavilhão destinado à instalação do Restaurante Universitário já existia na área do campus antes da instalação da UFSM em Cachoeira do Sul. O projeto da reforma já está pronto, porém não foi licitado por falta de recurso – o custo total da obra é de R$ 980.241,99.

A construção do prédio para acomodar setores administrativos do campus, incluindo salas para docentes, orçada em R$ 3.549.900,00, representará economia de R$ 288.000,00 por ano, pois permitirá a rescisão de um contrato de locação.

Já a construção do laboratório de pós-colheita deve possibilitar o desenvolvimento de pesquisas nas áreas de secagem e armazenamento de grãos, que beneficiarão o desenvolvimento da cidade e da região. Parte do material para construção do laboratório e uma série de equipamentos foram doados por várias empresas de Cachoeira do Sul – a contrapartida da UFSM no processo envolve R$ 541.957,55 para execução da obra.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor


Publicações Recentes