Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Reitor participa da Festa Nacional da Artilharia e se encontra com vice-presidente



O reitor, Paulo Afonso Burmann, participou no último sábado (15) da Festa Nacional da Artilharia, no Regimento Mallet. O evento contou com a presença do presidente, Jair Bolsonaro, do vice-presidente, Hamilton Mourão, do governador do Estado, Eduardo Leite, além de diversas autoridades civis e militares. A Orquestra Sinfônica de Santa Maria realizou uma apresentação durante a solenidade. 

Ainda no sábado, Mourão recebeu Burmann para uma audiência. O reitor da UFSM apresentou para o vice-presidente dados gerais sobre a Universidade, seus principais indicadores de crescimento e solicitou apoio para algumas demandas e projetos. “Naturalmente, houve ponderações em relação à economia do Brasil, mas igualmente um acolhimento e manifestação de interesse por parte da Vice-Presidência, que se colocou à disposição para continuar dialogando com a UFSM. Um saldo bastante positivo e que precisa ser destacado”, afirma Burmann.

Mourão havia confirmado participação na cerimônia de inauguração de obras que iria ocorrer no sábado, no Centro de Convenções da UFSM. Conforme informações repassadas pela assessoria de comunicação da Vice-Presidência, a presença foi cancelada devido a alterações na agenda de Mourão. Com isso, a solenidade de inauguração foi cancelada e a nova data será informada oportunamente.

O reitor destacou a importância do encontro com Mourão e da participação deste na Festa da Artilharia, apesar do cancelamento da visita à Universidade. “Foi um solenidade muito bem conduzida e com a magnífica participação da Orquestra da UFSM ao longo de todo o evento. Houve, igualmente, a presença de destaque do governador do RS e deputados estaduais. Todos estavam convidados para a solenidade de inauguração de obras na UFSM, que acabou não ocorrendo por dificuldades de agenda, o que compreendemos. Mas, sem dúvidas, foi um momento histórico ter em Santa Maria o presidente e o vice-presidente da República, ao mesmo tempo e no mesmo ato. Sinal de valorização do que se faz em Santa Maria, na região e no RS”, conclui o reitor.

Texto: Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor da UFSM  


Publicações Recentes