Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

UFSM-PM capacita enfermeiros de 26 municípios em acolhimento e classificação de risco



Foto colorida horizontal mostra mulheres sentadas em uma sala de aula, em cadeiras azuis, voltadas para um homem que fala em pé
Capacitação sobre acolhimento e classificação de risco teve início em junho

Desde o final de junho, enfermeiros dos serviços de atenção primária à saúde e instituições hospitalares dos 26 municípios que compõem a 15ª Coordenadoria Regional de Saúde participam de uma capacitação sobre acolhimento e classificação de risco na UFSM campus Palmeira das Missões.

A ação é desenvolvida em parceria entre a 15a CRS e o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde – PET-Saúde/Interprofissionalidade. As atividades educativas estão sendo conduzidas pelo professor Luiz Anildo Anacleto da Silva, do curso de Enfermagem da UFSM-PM.

A necessidade surgiu a partir da vivência dos docentes, preceptores e acadêmicos do PET-Saúde/Interprofissionalidade junto aos serviços da atenção básica e hospitalar de Palmeira das Missões. “O principal propósito dessa capacitação é promover um atendimento qualificado, organizado e humanizado, definindo prioridades de acordo com o grau de complexidade apresentado pelos usuários dos serviços de saúde da Atenção Básica e Hospitalar”, explica a professora do curso de Nutrição Adriane Cervi Blümke.

A UFSM-PM foi contemplada com aprovação do PET-Saúde/Interprofissionalidade por edital de julho de 2018 do Ministério da Saúde/Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, iniciando suas atividades em abril desse ano, sob coordenação da professora Fernanda Sarturi. O trabalho do PET-Saúde envolve a participação de alunos e professores dos cursos de Enfermagem, Nutrição e Ciências Biológicas da UFSM-PM e profissionais dos serviços da rede de atenção à saúde (RAS) e educação.

A próxima capacitação sobre acolhimento e classificação de risco está prevista para o dia 18 de julho.

Texto e foto: Assessoria de Comunicação UFSM-PM    


Publicações Recentes