Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano
Início do conteúdo

UFSM vai conceder o título de Doutor Honoris Causa ao professor e pesquisador António Nóvoa



A UFSM realiza no dia 5 de agosto a cerimônia de entrega do título de Doutor Honoris Causa ao professor António Manuel Seixas Sampaio da Nóvoa, da Universidade de Lisboa, instituição da qual o pesquisador homenageado é ex-reitor. A homenagem é concedida por uma iniciativa do Centro de Educação (CE), tendo em vista a relevância do trabalho de Nóvoa na área de formação de professores, que inclui a publicação de diversos livros e artigos sobre história e psicologia da educação. Ele também contribuiu para o trabalho de professores da UFSM, por meio de parcerias com pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação e Imaginário Social (Gepeis). A solenidade de entrega do título começa às 17h no Centro de Convenções.

Nascido em 1954, na cidade Valença, em Portugal, António Sampaio da Nóvoa é formado em Teatro pelo antigo Conservatório Nacional de Lisboa. Na Suíça, obteve o diploma de estudos avançados em educação, área na qual posteriormente realizou doutorado, pela Universidade de Genebra. Em 1994, ingressa como professor na Universidade de Lisboa. De 1996 a 1999, atuou como consultor na área de educação para o então presidente da república, Jorge Sampaio. Na Universidade Paris IV, conclui um segundo doutoramento em 2006, em História Moderna e Contemporânea. Após ter ocupado o cargo de reitor da Universidade de Lisboa, no período de 2006 a 2013, lançou-se como candidato à presidência da república nas eleições de 2016, pleito no qual ficou em 2º lugar, obtendo mais de 1 milhão de votos.

A relação de Nóvoa com a UFSM começou no ano 2000, quando esteve em Santa Maria para participar como conferencista do 1º Congresso Ibero-Americano de Formação de Professores. Após muitas vindas ao Brasil para eventos e compromissos acadêmicos, participou em 2014 de uma missão internacional da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) junto ao governo brasileiro, ocasião em que também atuou como professor visitante na Universidade de Brasília (UnB).

A UnB é uma das universidades brasileiras que concederam a Nóvoa o título de Doutor Honoris Causa, juntamente com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), onde também colaborou como professor visitante; em Portugal, o mesmo título foi atribuído a ele pela Universidade Lusófona e pela Universidade do Algarve.



Publicações Recentes