Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Empresas incubadas na Agittec passam na primeira fase do Programa Centelha RS



A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs) divulgou na última sexta-feira (9) o resultado preliminar com as 200 ideias aprovadas, entre os 784 projetos inscritos, na primeira fase do Programa Centelha RS. Incubadas na Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec) da UFSM, as empresas Qiron Robotics, Buzee e Softaliza estão entre as selecionadas.

O Programa Centelha RS faz parte de uma iniciativa nacional, promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap).

O objetivo do programa é incentivar o empreendedorismo inovador, buscando transformar ideias de estudantes, pesquisadores, professores e empreendedores em negócios de base tecnológica. São oferecidos recursos de subvenção econômica, não reembolsáveis, que somam R$ 1,84 milhão, os quais serão distribuídos para até 50 ideias inovadoras.

Agora o programa vai para a segunda fase, na qual os proponentes que tiverem ideias aprovadas devem elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo, com o objetivo de demonstrar as chances da ideia para gerar um bom negócio.



Publicações Recentes