Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Três trabalhos da UFSM são contemplados no Prêmio Capes de Tese 2019



A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou na última sexta-feira (6) a relação dos vencedores do Prêmio Capes de Tese 2019. No resultado, constam os trabalhos escolhidos em cada uma das 49 áreas de avaliação e mais 93 que ganharam menções honrosas. Uma tese defendida no Programa de Pós-Graduação em Administração da UFSM conquistou o 1º lugar na área de Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo. Além disso, a UFSM teve mais duas menções honrosas, nas áreas de Engenharias IV e Odontologia. Os títulos das teses em questão, assim como os seus autores e orientadores, podem ser conferidos abaixo:

1º lugar:

Área: Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo

Tese: “Cultura de devoção: um estudo sobre os processos de legitimação e manutenção e os motivos da devoção a uma organização”, de autoria de Katiuscia de Fátima Schiemer Vargas, sob a orientação do professor Gilnei Luiz de Moura, do Programa de Pós-Graduação em Administração da UFSM.

Menções honrosas:

Área: Engenharias IV

Tese: “Microinversores baseados na topologia meia-ponte isolado alimentada em corrente”, de autoria de António Manuel Santos Spencer Andrade, sob a orientação do professor Mário Lúcio da Silva Martins, do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFSM.

Área: Odontologia

Tese: “Iniquidades socioeconômicas na saúde bucal de adolescentes”, de autoria de Camila Silveira Sfreddo, sob a orientação da professora Belinda Farias Nicolau, da McGill University (do Canadá), e do professor Carlos Heitor Cunha Moreira, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Odontológicas da UFSM. Essa tese foi desenvolvida na modalidade doutorado-sanduíche, entre as instituições brasileira e canadense.

A edição deste ano da premiação teve recorde de inscrições, com 1.140 candidaturas. Para o Grande Prêmio, três comissões formadas por indicação do presidente da Capes, Anderson Ribeiro Correia, escolherão as vencedoras, sendo uma para cada colégio de avaliação: o de Humanidades, o de Ciências da Vida e o de Ciências Exatas, Tecnológicas e Multidisciplinar.

As três teses ganhadoras do Grande Prêmio – oferecido em parceria com os institutos Serrapilheira e Ayrton Senna – serão conhecidas em novembro. Além disso, há premiações especiais, concedidas em parceria com a Comissão Fulbright e a Fundação Carlos Chagas.

Com informações da Coordenação de Comunicação Social da Capes



Publicações Recentes