Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Descubra UFSM: Empresas Juniores são espaços para desenvolvimento profissional na universidade



Equipe da Caduceu Jr. no Descubra UFSM: EJs como oportunidade de desenvolvimento profissional, vivência e empreendedorismo para os estudantes

Empresas Juniores (EJ) que atuam na Universidade Federal de Santa Maria  levaram ao público do Descubra 2019 parte da experiência vivida em projetos empreendedores, mostrando o trabalho desenvolvido e o quanto essas vivências são importantes profissionalmente para os acadêmicos.

Cada empresa júnior está veiculada a um curso diferente da universidade. Entre as EJs que participaram do Descubra estavam a Caduceu Jr., vinculada ao curso de Ciências Contábeis, a Renove (Engenharia Sanitária Ambiental), F5 (Relações Internacionais), Objetiva (Administração) e Polisul (cursos técnicos do Colégio Politécnico). Apesar de pertencerem a diferentes cursos, todas as EJs abrem abrem oportunidades para acadêmicos de diferentes áreas da UFSM.

A diretora de marketing da Objetiva Jr, Camila Mainardi, comenta sobre a fusão de diferentes áreas nessas empresas: “ Acreditamos muito na multidisciplinaridade, então no momento temos uma equipe formada por oito cursos diferentes. Alunos de qualquer curso podem ingressar na empresa, basta participar do processo seletivo que acontece todo início de semestre, todos os anos.” Já o diretor-presidente da Caduceu Jr, Luiz Henrik Zorzi, explicou a importância de divulgar o trabalho das empresas juniores durante o Descubra: “Estamos trabalhando um pouco em cima disso, de trazer a importância de entrar no curso e a importância de estar se vinculando desde o início da graduação em uma Empresa Jr., mostrando um pouco do que fazemos”.

O processo seletivo ocorre de maneiras diferentes em cada organização, mas todas possuem etapas de training. Na F5 Jr, por exemplo, a seleção ocorre todo início de ano, com preparação de quatro meses para que os selecionados assumam, no segundo semestre, os serviços que a organização desempenha. Na Objetiva Jr, os inscritos participam de dinâmicas em grupo, seguidas de entrevistas. Os aprovados passam por um processo de um mês de treinamento com desafios. Na Caduceu o processo training dura 40 dias, no qual os alunos passam pela parte comercial, pelas vendas de consultoria e processos internos. Os aprovados nessas etapas passam a trabalhar de maneira efetiva.

As EJ são lugares de crescimento profissional dos alunos, geridas pelos próprios estudantes matriculados nos cursos de graduação que buscam a excelência do aprendizado executando diversas ações. “A empresa Jr. foi criada para buscar uma vivência mais prática do dia a dia de uma empresa. Além da organização de planejamento das funções, da diretoria, das atividades, da visão e planejamento estratégico e desenvolvimento, eles executam várias ações. Ela oportuniza essa vivência prática”, destacou o coordenador da PoliSul Jr, Vitor Reisdorfer.

As EJs são ações de extensão que promovem tanto experiências de mercado aos alunos de graduação quanto a oferta de serviços de qualidade a baixo custo ao mercado, auxiliando micro e pequenas empresas e contribuindo para o desenvolvimento do empreendedorismo e da região. De acordo com com a Pró-Reitoria de Extensão, a UFSM conta atualmente com 19 EJs em atividade, que podem ser conferidas no site da PRE.

Reportagem e fotos: Eloíze Moraes, bolsista da Agência de Notícias
Edição: Davi Pereira


Publicações Recentes