Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Oficina sobre plantas medicinais foi ministrada para equipes de saúde de Palmeira das Missões



No dia 23 de outubro, foi realizada no Campus da UFSM de Palmeira das Missões a oficina Utilização de Plantas Medicinais por Equipes de Saúde, promovida pelo Programa de Educação Tutorial (PET) Saúde/Interprofissionalidade, com recursos do fundo de incentivo de extensão (Fiex). A atividade, ministrada pela professora Tanea Bisognin Garlet, reuniu cerca de cem participantes, incluindo equipes de unidades de saúde do município, estudantes universitários e comunidade em geral.

Oficina de plantas medicinais reuniu cerca de cem participantes

Conforme a professora, a intenção foi preparar as equipes para orientar sobre o uso de plantas medicinais, reduzindo o emprego de remédios industrializados nos casos mais simples de problemas de saúde, proporcionando o bem-estar das pessoas e a redução de custos na aquisição desses medicamentos. “A oficina teve como objetivo proporcionar a identificação correta de plantas medicinais, além de orientar sobre a utilização adequada e com mais segurança dessas plantas, para tratamento de problemas de saúde mais usuais”, afirmou.

Para a bióloga da 15ª Coordenadoria Regional de Saúde, Sílvia Villanova Lavallós, a atividade mostrou a necessidade de reconhecer e fazer o uso correto das plantas medicinais. “A oficina foi de extrema importância no sentido de se começar um trabalho de orientação e conscientização quando é possível o uso correto das plantas medicinais para o tratamento, cura e prevenção de doenças”.

Conforme Elieti Brizolla Frich, enfermeira que atua na Estratégia Saúde da Família, a utilização de plantas medicinais na atenção básica é um tema de grande relevância, na tentativa de diminuir o uso excessivo de terapias farmacológicas e automedicação. “No entanto, fica a preocupação de que se de fato o que está sendo prescrito pelo profissional será utilizado e identificada de forma correta pelo paciente e se a planta medicinal é de boa procedência. Observa-se a necessidade de mais estudos e capacitações sobre as plantas medicinais”, ponderou.

Uma das sugestões levantadas na ocasião foi a importância de se definir algumas patologias que mais acometem a população e, a partir delas, buscar conhecimento de quais plantas medicinais podem contribuir para a melhora dos sintomas, sem a necessidade de prescrição médica.

Para as estudantes dos cursos de Nutrição e Enfermagem, a oficina foi uma oportunidade para discutir os diversos usos e aplicações das plantas medicinais e os benefícios para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Palmeira das Missões. “Momentos de conhecimento como este são de suma importância para a saúde da população. A utilização das plantas medicinais não deve ser apenas de maneira caseira e não comprovada de forma científica, pois atualmente existem políticas e programas que incentivam esta alternativa terapêutica. Assim, como futura profissional da saúde, vejo tamanha importância em encontros como este, onde adquirimos um entendimento melhor e aprofundado sobre as plantas medicinais colaborando para um crescimento e aperfeiçoamento na saúde”, destacou a acadêmica de Enfermagem Luísa Maria Schuh.

“A experiência de troca de saberes entre todos é muito válida e enriquece a nossa formação acadêmica”, salientou a acadêmica de Nutrição Eduarda Tremea. “Foi muito gratificante ver os profissionais de diversas áreas da saúde, pessoas que se interessam pelo tema e comunidade acadêmica buscando por novos saberes e compartilhando suas vivências em prol das melhorias para os usuários dos serviços de saúde. Foi um momento muito produtivo que abre o caminho para novos encontros”, finalizou a estudante de Enfermagem Tainara Giovana Chaves de Vargas.

Na ocasião, também foi apresentado o projeto do Jardim Medicinal que está em fase de construção no campus. O jardim visa a auxiliar no desenvolvimento de atividades educativas voltadas à comunidade e sensibilizar sobre a importância do uso de plantas medicinais.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Campus de Palmeira das Missões


Publicações Recentes