Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Projeto de extensão da UFSM lança documentário em parceria com imigrantes venezuelanos



A situação atual do fluxo migratório no mundo se depara com a realidade de uma crise humanitária na Venezuela, reconhecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). Conforme dados da Plataforma Regional de Coordenação Interagências de 2019, até 5 de outubro deste ano 4.486.860 venezuelanos (imigrantes, refugiados e requerentes de asilo em outros países) saíram do seu país. Entre abril de 2018 a julho de 2019, 12.048 venezuelanos foram realocados para outras cidades brasileiras por meio do programa de interiorização. O destino de algumas dessas pessoas? O Município de Chapada (RS), que se voluntariou em 2018 para receber 52 refugiados venezuelanos.

A partir dessa realidade, desenvolveu-se ao longo de 2019 um documentário em parceria com os imigrantes, por meio do projeto extensão “Comunicação e refugiados venezuelanos no norte do Rio Grande do Sul: a interculturalidade por meio do audiovisual”, o qual é vinculado ao Departamento de Ciências da Comunicação do Campus (Decom) da UFSM em Frederico Westphalen. Além de oficinas teórico-práticas de audiovisual e documentário, os imigrantes construíram um roteiro definido a partir de suas necessidades.

O lançamento do documentário 5000 km: Uma Jornada de Esperança, acontece na próxima quarta-feira (13), às 9h, no Cine Globo, em Frederico Westphalen. Após a sessão, haverá um debate sobre o documentário e a questão dos fluxos migratórios. A entrada é gratuita e, como os lugares são limitados, exige-se inscrição por meio de formulário on-line. O evento integra o 2º Fórum de Direitos Humanos da UFSM.

O projeto tem como apoiadores o Decom, Observatório de Direitos Humanos da UFSM, Centro de Referência em Assistência Social (Cras) de Chapada e Cine Globo. Outras informações podem ser obtidas na página do evento no Facebook, pelo e-mail doc.refugiadosrs@gmail.com ou pelo telefone (55) 3744-0600 (ramal 660).

Um trailer do documentário está disponível abaixo:

Com informações da Assessoria de Comunicação do Campus de Frederico Westphalen


Publicações Recentes