Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Quarta fase do projeto Flores para Todos é concluída no Vale do Rio Pardo



Foto colorida horizontal mostra um grupo de homens e mulheres posando para foto, alguns agachados e outros em pé. Na frente há dois vasos com flores
Representantes da UFSM participaram da reunião em Rio Pardo

Na sexta-feira (6), na Casa da Emater, no Parque da Expoagro Afubra, em Rio Pardo, ocorreu a reunião de avaliação da quarta fase do projeto Flores para Todos na região do Vale do Rio Pardo. O encontro marcou a conclusão do projeto conduzido no segundo semestre de 2019, que alcançou duas famílias de agricultores familiares (Rio Pardo e Vale Verde) e uma escola (Encruzilhada do Sul), com produção de 1,2 mil hastes florais de gladíolos (ou palma-de-santa-rita).

O projeto Flores para Todos é coordenado no Rio Grande do Sul pela Emater e pelas Equipes PhenoGlad da UFSM dos campi de Santa Maria, Frederico Westphalen e Cachoeira do Sul. Segundo o professor Nereu Augusto Streck, da Equipe PhenoGlad da UFSM campus sede, durante o cultivo da flor, os agricultores e a escola tiveram visitas técnicas de professores e estudantes do Centro de Ciências Rurais (CCR) e de extensionistas da Emater/RS Regional de Soledade, com o objetivo de orientar e repassar as técnicas de cultivo.

Na Escola Municipal Cassiano José Morales, em Encruzilhada do Sul, os gladíolos foram cultivados pelos alunos e professores para a decoração de duas festas tradicionais da escola, o que foi uma novidade para a comunidade nos 63 anos de existência da escola. O planejamento do plantio dos gladíolos tanto nos produtores como na escola foi com o aplicativo PhenoGlad Mobile, desenvolvido pelas Equipes PhenoGlad da UFSM e da Universidade Federal de Santa Catarina campus Curitibanos.

A reunião de sexta teve 24 participantes, entre agricultores, extensionistas e representantes de escolas que participaram da quarta fase e também que irão participar da quinta fase do projeto, que acontecerá no primeiro semestre de 2020, com foco na produção dos gladíolos para o Dia das Mães, o feriado de maior demanda de flores no Brasil. Ao total estavam representados sete municípios (Jacuizinho, Encruzilhada do Sul, Rio Pardo, Vale Verde, Mato Leitão, Venâncio Aires e Herveiras). A reunião foi prestigiada por autoridades como o pró-reitor adjunto de Extensão da UFSM, Rudiney Soares Pereira, a gerente regional da Emater de Soledade, Lúcia Souza, e o vice-prefeito de Jacuizinho, Ricardo Fernando de Oliveira, um dos cinco municípios que irá receber a quinta fase do projeto Flores para Todos no primeiro semestre de 2020.

A abertura dos trabalhos foi com apresentação do vídeo oficial do projeto, gravado nos cultivos de gladíolo nos municípios de Rio Pardo e Vale Verde e na Escola Municipal Cassiano José Morales, em Encruzilhada do Sul, com depoimento de agricultores, extensionistas e professores e alunos da escola. Na sequência, cada agricultor e extensionista da Emater que acompanhou o projeto em seu município deu seu relato, de forma a dividir suas experiências com os demais. A escola também fez seu relato, exaltando como o projeto ajudou nas práticas pedagógicas. No final, os novos agricultores e escolas selecionados para a quinta fase foram apresentados e receberam as primeiras orientações. As reuniões regionais de avaliação da quarta fase continuam nesta semana, com a reunião em Frederico Westphalen, no campus da UFSM, nesta segunda (9).

Foto: Divulgação


Publicações Recentes