Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Guaranis, alunos de Dança da UFSM e atores santo-angelenses estrearam o espetáculo “Ângelus”



A Catedral Angelopolitana serviu de cenário para o espetáculo, que estreou no último sábado (14)

Acadêmicos do curso de Licenciatura em Dança da UFSM, sob a coordenação dos professores Odailso Berté, Mônica Borba e Crystian Castro, estrearam no último sábado (14) a remontagem do espetáculo Ângelus, que foi encenada no centro histórico da cidade de Santo Ângelo junto de jovens da aldeia guarani Tekoá Yakã Ju e dos atores da Cia. Actuare.

Esta obra artística faz parte do conjunto de ações do projeto de extensão Tekoá Arte e Vida, realizado através do convênio celebrado entre a UFSM, por meio da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec), e a Prefeitura de Santo Ângelo. Oficinas de arte/dança e outras ações artístico-pedagógicas vêm sendo desenvolvidas com jovens da aldeia indígena e da cidade de Santo Ângelo, e se estenderão até 2020 com novas apresentações do espetáculo Ângelus.

Estruturado através de um diálogo entre dança, teatro, a planta da antiga redução jesuítica guarani de Santo Ângelo Custódio e a arquitetura da atual Catedral Angelopolitana, o espetáculo Ângelus reapresenta a história da sétima cidade missioneira. Pela primeira vez, os jovens indígenas da aldeia Tekoá Yakã Ju, descendentes dos guaranis da época das reduções, participaram do espetáculo junto de atores e bailarinos não indígenas, protagonizando sua história e estabelecendo um novo encontro de culturas no qual é possível trocar experiências e aprender e fazer arte juntos, conforme os objetivos do projeto de extensão.


Publicações Recentes