Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM promove live sobre o Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação do CNPq



A Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia da UFSM (Agittec) e a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UFSM (PRPGP) promovem evento online para tirar dúvidas sobre o edital do Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação (MAI/DAI). A live acontece na próxima quinta-feira (4) às 18h na plataforma Google Meet. Confira os participantes: 

  • Ândiel Ortiz – Coordenador da Transferência de Tecnologia da UFSM
  • Silon Procath – Coordenador de Empreendedorismo da UFSM
  • Thiago Ardenghi, Pró-Reitor Substituto e Coordenador de Pós-Graduação da UFSM (PRPGP)
  • Santos Vianna – Sócio da empresa Mega Tecnologia (empresa participante do último edital)

Para participar do evento, é só acessar este link.

Sobre o Programa MAI/DAI 

O objetivo do Programa é fortalecer a pesquisa, o empreendedorismo e a inovação nas instituições científicas, tecnológicas e de inovação (ICT).  A iniciativa amplia o escopo do Programa Doutorado Acadêmico para Inovação (DAI), de âmbito nacional, lançado pelo CNPq em 2018, com a inclusão da modalidade de Mestrado e de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI) e contribui para: 

  • formação de recursos humanos para a pesquisa aplicada
  • desenvolvimento tecnológico e inovação
  • fomentar projetos inovadores que apresentem risco tecnológico, por meio da pesquisa acadêmica
  • estimular a criação de redes de parcerias entre ICTs e empresas para a execução de projetos de pesquisa e de tecnologia inovadoras;
  • auxiliar as empresas no desenvolvimento ou na melhoria de produtos, processos e serviços que favoreçam o avanço de setores econômicos estratégicos; 
  • promover ações de educação, popularização e/ou divulgação científica.

Os bolsistas desenvolvem seus projetos como estudantes regulares em curso de pós-graduação existente, devendo ter um orientador acadêmico e um supervisor junto à Empresa Parceira, à qual o projeto de mestrado/doutorado estará relacionado. A UFSM poderá solicitar ao CNPq até 10 bolsas de mestrado e/ou uma a 10 bolsas de doutorado. 

Para cada bolsa de mestrado, deverá ser solicitada, obrigatoriamente, uma ou duas bolsas de ITI e, para bolsa de doutorado, de uma a quatro bolsas de ITI. Para cada bolsa de mestrado/doutorado concedida, será exigida uma contrapartida mínima da Empresa Parceira. O Programa apoiará propostas aderentes a, no mínimo, uma das Áreas de Tecnologias Prioritárias do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), são elas: Tecnologias Estratégicas, Tecnologias Habilitadoras, Tecnologias de Produção, Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável e Tecnologias para Qualidade de Vida. 

Seleção interna para elaboração da proposta institucional 

Na semana passada, a Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP) publicou a Carta Convite para a seleção interna e elaboração da proposta institucional referente à Chamada Pública Nº 12/2020 para o Programa MAI/DAI, lançada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A Carta tem como objetivo selecionar propostas de Programas de Pós-Graduação (PPGs) que demonstrem capacidade para a execução, e que estão de acordo com os requisitos do MAI/DAI. Poderão participar da Proposta Institucional todos os PPGs stricto sensu da UFSM. A data limite para apresentação dos subprojetos é até o dia 19 de junho. 

Cada PPG poderá solicitar até duas bolsas por nível (mestrado e doutorado), sendo que cada bolsa deve ser obrigatoriamente acompanhada da solicitação de uma bolsa de Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI). As propostas para apoio serão acolhidas nos moldes previstos pela Chamada CNPq. 

As normas gerais e específicas, bem como os princípios norteadores para a modalidade de bolsas MAI/DAI estão disponíveis na página do CNPq .

Texto: Luana Giazzon, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec)
Edição: João Ricardo Gazzaneo


Publicações Recentes