Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Conheça programas da UFSM utilizam teoria e prática para desenvolver empresas incubadas



Desde 2016, a Coordenadoria de Empreendedorismo da Agência de Inovação e Transferência  de Tecnologia (Agittec) da UFSM, realiza os programas Fit-Empreende, Sinergia e TCC/Estágio Empreendedor, com a participação de professores, grupos de pesquisa, alunos e empresas. Os programas buscam desenvolver os empreendedores e empresas residentes nas incubadoras da UFSM, atuando nos cinco eixos: empreendedorismo, tecnologia, capital, mercado e gestão. Para a servidora e administradora Maria Daniele Dutra, que auxilia na gestão dos programas desenvolvidos pelas Incubadoras da UFSM, as iniciativas confirmam que a parceria entre universidade e empresas é a chave que impulsiona a inovação. “Esta união possibilita aos participantes ser parte de um laboratório vivo destinado a projetar e transformar ideias em realidade”, ressalta. 

Conheça os três programas:

Fundo de Inovação Tecnológico – Empreende (Fit-Empreende)

O programa Fit-Empreende apoia o desenvolvimento de pesquisas que tenham impacto tecnológico, industrial e que possam solucionar demandas das empresas incubadas na UFSM. Os projetos são desenvolvidos por um professor orientador, que trabalha em conjunto com um bolsista selecionado por ele. O Programa concede bolsas de iniciação tecnológica e auxílio a projetos de inovação, com recursos do Fundo de Incentivo à Inovação e Tecnologia, numa parceria entre a Agittec e Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP). 

Para o sócio da empresa incubada Mais Soja Lucas Stefanelo o edital foi importante, pois a empresa ainda estava na fase inicial, e com a participação no programa foi possível otimizar os gastos na folha de pagamento “Contratamos um bolsista com um entendimento da nossa área. As demandas que foram solucionadas estavam relacionadas a nossa nova plataforma de gestão fitossanitária de lavouras. Para iniciar os testes e tirar a ideia do papel, e para manutenção e melhoramento da nossa plataforma de cursos Ead. Dessa forma, com a ajuda do edital, conseguimos chegar a 27 cursos a distância na área agrícola”.

Os bolsistas Raul Maffini e Vitor Rumpel,, estudantes do curso de Agronomia da UFSM, foram selecionados por meio do edital e seguem trabalhando no desenvolvimento do projeto. A empresa participa do Fit-Empreende desde 2018. 

Programa TCC/Estágio Empreendedor 

O Programa TCC/Estágio Empreendedor  é uma oportunidade para os  alunos de nível técnico ou graduação, que desejam realizar suas atividades finais de curso no ambiente das empresas  nas incubadoras da UFSM. Os alunos podem auxiliar os empreendimentos na solução de suas demandas, e assim desenvolver em conjunto seus Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), ou cumprir seu estágio curricular. O Programa tem duração semestral e premia o trabalho de maior desempenho conforme às notas dos alunos no  TCC, ou nos relatório de estágio. 

Egressa Mayara Bastos recebe prêmio pelo Trabalho de Conclusão de Curso junto à empresa encubada

A egressa do curso de Administração da UFSM Mayara Bastos participou do programa no ano passado e ganhou o prêmio em reconhecimento ao trabalho realizado na startup Warp. A pesquisa do seu TCC foi sobre marketing em empresas de videogames, o estudo de caso do ComTensão, (um jogo de realidade virtual desenvolvido na Warp). Segundo a administradora foram feitas pesquisas de mercado com desenvolvedoras e, a partir disso, elaborado um plano de marketing digital para gerenciar as redes do jogo, “hoje o ComTensão está presente no Instagram (@com_tensao) e no Facebook”. Mayara conta que foi uma experiência incrível, pois os gestores eram totalmente abertos e transparentes, além de serem receptivos às novas ideias. “Tive a oportunidade de presenciar a realidade de uma startup, que é algo muito novo e nem sempre está presente nos livros de teoria”, ressalta. 

Após concluir sua pesquisa, e pela experiência que adquiriu na empresa, Mayara conquistou o cargo de sócia e diretora de marketing no projeto no ComTensão.  “Depois de formada, participamos da Feisma e de outros eventos, e tudo foi aprendizado, uma experiência incrível, conhecemos diversas pessoas e até futuros fãs! Acredito que o Bruno (CEO da Warp) enxergou um potencial em mim e decidiu investir no meu trabalho. Gostaria que as empresas, de qualquer tipo ou tamanho, pudessem ter essa mesma visão e dar oportunidades a estudantes como eu. Nós estamos com sede de aprender e de querer aplicar a teoria na prática, mas muitas empresas são fechadas a novas ideias. Quando ouvi meu nome sendo chamado durante a colação, meu coração disparou! Não conseguia acreditar, e nem sabia como reagir também. O prêmio é resultado de muito trabalho duro, de noites sem dormir e de muitas buscas por bibliografias, já que o tema de videogames relacionado com administração é muito novo, e raro de se encontrar na academia brasileira”.

Programa Sinergia

O Programa Sinergia é outra ação desenvolvida para ajudar os empreendimentos incubados, por meio da troca dos conhecimentos dos alunos dos cursos de graduação e pós-graduação da UFSM. Os estudantes, em conjunto com o professor (a) da disciplina cursada, desenvolvem um projeto em co-criação com a incubada, e oferecem às empresas soluções viáveis, que podem estar relacionadas a questões tecnológicas, de marketing, desenvolvimento de produtos ou contabilidade, ou à própria gestão e estratégia dos negócios. 

A professora do Departamento de Ciências Administrativas da UFSM Marta Rovedder de Oliveira participa do programa, levando estudantes do curso de graduação e pós-graduação em Administração da UFSM. Na turma de pós-graduação, participam alunos de mestrado e doutorado que estão na disciplina de Competitividade e Estratégia.

 A professora explica que a turma vai até a Agittec, no espaço coworking, onde os sócios incubados apresentam suas empresas. Depois, a turma é dividida junto com cada uma das empresas, essas apontam quais algumas das dificuldades que estão enfrentam, alinhada com a especialidade da disciplina. Os alunos trabalham ao longo do semestre numa proposta de solução em termos de estratégia e estrutura de negócio, em torno de competitividade. Ao final, os grupos apresentam a proposta para os empresários, e realizam as apresentações dos artigos desenvolvidos na disciplina. “Depois tem uma interação com os empresários que passam o feedback das atividades, e mencionam se eles implementaram as propostas, e quais foram os resultados”, explica a professora. 

Já a outra turma da graduação em administração que participa do programa faz um trabalho mais interativo. A professora explica que acontecem as apresentações como nas atividades da turma da pós-graduação, mas com foco no planejamento de marketing das empresas incubadas.  “Os alunos levam propostas muito bem embasadas, tanto teórico e prática, quanto com base no diagnóstico da empresa, mostrando detalhadamente quais os passos que elas precisam realizar em prol daquela melhoria que eles estavam buscando. É muito bacana, tem alunos que depois são convidados a trabalhar na empresa, e muitas implementaram de fato alguma das sugestões que foram passadas ao longo do projeto”.

Processo de seleção para os programas:

O Fit- Empreende está com o edital aberto. Os projetos inscritos por professores através do Portal de Projetos da UFSM são avaliados por uma Comissão de Seleção e, posteriormente, aplicados nas empresas através de atividades de um aluno de graduação. 

Já TCC/Estágio Empreendedor e Sinergia não têm editais. Os interessados podem entrar em contato diretamente com a Coordenadoria de Empreendedorismo pelo e-mail agittec.ep@ufsm.br.

Texto: Luana Giazzon, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Inovação e Transferência de Tecnologia (Agittec)

Edição: João Ricardo Gazzaneo


Publicações Recentes