Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

História da UFSM e interiorização do ensino foi tema de Webinar



Em dezembro de 2020 a Universidade Federal de Santa Maria completa 60 anos. Uma história que se cruza com tantas outras, através de sua atuação no ensino, na pesquisa e na extensão, fazendo a diferença na vida e nas comunidades em que está presente. Em função da pandemia de Covid-19, as comemorações que estavam sendo planejadas há certo tempo, precisaram ser alteradas para celebrações virtuais. 

Na manhã desta terça-feira (14), às 10 horas, aconteceu um desses eventos. O webinar “UFSM 60 anos: história, criação e interiorização do ensino” contou com a participação da professora do Departamento de Comunicação Social da UFSM, Eugênia Mariano da Rocha Barichello, filha do fundador da Universidade; do reitor, Paulo Afonso Burmann; do professor aposentado da UFSM na área de Hidráulica e Saneamento, Helio Bellinaso; e do professor aposentado na área de Ciências Sociais e ex-vice-reitor da UFSM, Ricardo Rossato. A transmissão foi via Farol, nas redes sociais da instituição e através das Rádios UniFM 107.9 e Universidade 800 AM.

Na ocasião, a professora Eugênia Mariano da Rocha Barichello relembrou a história da UFSM, os antecedentes e as raízes de sua fundação e construção. Eugênia destacou, também, o pioneirismo da UFSM na democratização do acesso ao ensino superior, através da interiorização e da multiversidade, um projeto de universidades em campi múltiplos, que expandiu as oportunidades de ingresso em inúmeras cidades brasileiras. 

Em sua fala, Helio Bellinaso destacou a importância da UFSM em sua trajetória pessoal, desde quando ingressou na Instituição como estudante e motorista, até se tornar docente. Para ele, conviver no ambiente acadêmico, a relação que teve com colegas, professores e demais servidores foi fundamental para que encontrasse sua verdadeira vocação: dar aulas. Bellinaso recordou, também, o surgimento e a construção dos primeiros prédios da Universidade. 

Já Ricardo Rossato relembrou a atuação democrática interna da Universidade, narrando sobre os primeiros processos eleitorais da UFSM, as dificuldades do período vivido, em épocas de ditadura civil-militar, e o grande alcance que a Instituição obteve. Para o professor, o grande desafio atual é seguir expandindo, ser cada vez mais plural e acessível, para que possa, de fato, continuar cumprindo seu papel fundamental em sociedade.

Por fim, o reitor Paulo Afonso Burmann abordou o momento em que vivemos, uma das maiores crises já enfrentadas, e destacou a importância das universidades públicas como um dos principais pilares de apoio no combate à pandemia de Covid-19. Ressaltou, também a atuação pró-ativa da UFSM nesta situação, através de inúmeros projetos e ações desenvolvidos. Burmann também apresentou indicadores positivos da Universidade, em termos de ensino, pesquisa e extensão, que a colocam como uma instituição de referência, cumprindo seu papel nos mais diversos âmbitos, políticos, acadêmicos, científicos e culturais da sociedade brasileira.  

Ao fim das falas, os espectadores puderam realizar perguntas e comentários. Para quem perdeu o Webinar, as gravações estão disponíveis no site do Farol.

Texto: Mariana Henriques / Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor

 


Notícia vinculada a


Publicações Recentes