Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

UFSM teve três cursos de pós-graduação aprovados pela Capes em 2020



Em 2020, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou três novos cursos de pós-graduação para a UFSM, sendo dois no campus de Santa Maria e outro em Palmeira das Missões. Dois dos novos cursos ainda não foram iniciados. Confira algumas informações sobre as pós-graduações:

PPG em Ciências Contábeis, nível de mestrado, campus sede. Foi aprovado pela Capes no final de dezembro de 2019. Entretanto, seu funcionamento ocorreu apenas após a homologação do resultado pela Portaria 539/2020 do MEC, em 15 de junho de 2020. Segundo informações da Coordenação de Pós-Graduação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PRPGP), a primeira turma do curso iniciou em outubro do ano passado.

O programa é constituído pela área de concentração “Controladoria, Governança e Sustentabilidade”, com duas linhas de pesquisa: “Controladoria” e “Governança e Sustentabilidade Organizacional”.

Segundo o coordenador do curso, professor Vinícius Zonatto, pretende-se contribuir para a formação de profissionais que possuam sólida formação teórica, crítica e reflexiva na área de Ciências Contábeis, com competência para atuar na docência, na pesquisa ou em organizações privadas e públicas, com ou sem fins lucrativos, aptos a sistematizar, organizar e aplicar conhecimentos capazes de contribuir para a qualificação dos processos de gestão organizacional, a geração e o reporte de informações, e a tomada de decisões em busca da sustentabilidade dos negócios.

O público-alvo do PPGCC são contadores, administradores, economistas, engenheiros e profissionais graduados das mais diversas áreas que tenham por objetivo aprofundar e produzir conhecimento sobre a Ciência  Contábil e as temáticas envoltas na expertise de formação do programa.

A segunda turma do PPG em Ciências Contábeis da UFSM terá ingresso no primeiro semestre deste ano. Confira o edital.

PPG em Ensino de Geografia em Rede Nacional. É formado por nove instituições de Ensino Superior: a UFSM (coordenadora) e as instituições associadas UERJ, UFCG, UFGD, UFPE, UnB, IFB, IFC, IFMG. Foi aprovado pela Capes em março de 2020. A homologação do resultado foi publicada pela Portaria 997/2020 do MEC, em 23 de novembro de 2020.

O curso tem por objetivo proporcionar a formação continuada de professores da Educação Básica, com formação em Geografia, que estejam em docência no componente curricular Geografia.

Para o presidente da Comissão Proponente, professor Cesar De David, reconhece-se e valoriza-se o diálogo e a comunicação entre educadores e educandos com as comunidades rurais e urbanas como possibilidade de formação individual e coletiva, e, sobretudo, como condição necessária para a promoção do desenvolvimento local e para a construção das identidades territoriais. Com essas concepções associam-se ensino, pesquisa e extensão, constituindo “espaço-tempo fecundo de novas aprendizagens, conhecimentos, metodologias e saberes”. Ainda não há previsão para o ingresso da primeira turma.

PPG em Saúde e Ruralidade, nível de mestrado, campus de Palmeira das Missões. Aprovado pela Capes em março de 2020, teve o resultado homologado pela Portaria 997/2020 do MEC, em 23 de novembro de 2020. O curso foi aprovado com o nome de “Ciências da Saúde” e aparecerá nos documentos com este nome, porém, houve alteração posterior aprovada pela Capes para “Saúde e Ruralidade”.

A previsão é de que o edital de seleção seja publicado em breve, para que o curso tenha seu início ainda no primeiro semestre de 2021. O público-alvo são profissionais da área da saúde, enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, nutricionistas, odontólogos, assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais e outros profissionais com interesse em buscar sua qualificação neste campo do conhecimento. Quanto à área de realização dos projetos de investigação, eles podem ter foco na saúde coletiva, saúde do adulto, da criança, da mulher, do envelhecimento humano, da saúde mental e da gestão. Confira mais informações

Texto: Caline Gambin, acadêmica de Jornalismo, estagiária da Agência de Notícias
Edição: Ricardo Bonfanti, jornalista 


Publicações Recentes