Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Clínica-escola da Fonoaudiologia da UFSM aceita novos pacientes para teleatendimento em voz

Para entrar na lista de espera, novos pacientes devem atender a alguns pré-requisitos



O Serviço de Atendimento Fonoaudiológico (SAF) da UFSM iniciará novas turmas de teleatendimento em voz. Atualmente, há uma lista de espera para a clínica-escola do Departamento de Fonoaudiologia do Centro de Ciências da Saúde (CCS), mas tendo em vista o início do semestre letivo, será possível receber novos pacientes que atendam a alguns pré-requisitos. Estes entrarão na lista de espera para atendimento quando houver vagas.

Pontos que devem ser considerados para que os usuários entrem na lista de espera para o teleatendimento em voz do SAF:

– Obrigatoriamente, o paciente deve apresentar dois exames – exame de laringe com laudo assinado e carimbado por um otorrinolaringologista (videolaringoscopia ou videolaringoestroboscopia) e exame audiométrico – antes de iniciar o atendimento. Este item precisa ser apresentado com antecedência ao início da fonoterapia. Sem ele não será iniciada a fonoterapia. O paciente deve entrar em contato com médicos otorrinolaringologistas de sua escolha que façam os exames.

– Nesta modalidade de teleatendimento, a SBFo e o Conselho Federal de Fonoaudiologia exigem requisitos mínimos ao paciente: local silencioso e iluminado, onde o paciente possa ficar adequadamente sentado em frente a um computador com bom sinal de internet, e que ele saiba operar o computador, internet e plataforma de encontro.

– Número do cartão do SUS. Caso o paciente não possua o cartão, pode conferir informações de como obtê-lo no link.

Para entrar na lista de espera, escrever para o e-mail gisie.balsamo@ufsm.br, incluindo no campo assunto “Teleatendimento em voz”, e informando no corpo do e-mail os seguintes dados: nome completo, telefone celular, CPF, data de nascimento, sexo, queixa (descrever sucintamente o que incomoda na voz), cópia do laudo do exame de laringe (não enviar o vídeo), cópia do exame audiométrico e o número do cartão do SUS.

Mais informações no site do Laboratório de Voz da UFSM.

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes