Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Conheça o Mapa da Extensão 2021 da UFSM

Mapa apresenta as 1.039 ações de extensão da UFSM, em cerca de 150 municípios



Na manhã da última quinta-feira (29), a Pró-Reitoria de Extensão da UFSM apresentou aos docentes, discentes, técnico-administrativos e comunidade externa o Mapa da Extensão UFSM 2021. A primeira edição do Mapa da Extensão foi desenvolvido pela PRE em 2019, com o objetivo de reunir e apresentar dados das atividades da Universidade para que a comunidade conheça de que forma a Instituição contribui para o desenvolvimento regional e quais são as ações implementadas em seu município ou região.

A versão do Mapa da Extensão de 2021 foi integrada à Agenda 2030, protocolo da ONU para promoção do Desenvolvimento Sustentável do Mundo, para demonstrar a implementação a nível regional de atividades em prol dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), através das ações de extensão da Universidade.

O Mapa apresenta as 1.039 ações de extensão da UFSM, distribuídas em cerca de 150 municípios, em 11 Estados e no Distrito Federal, em cinco países da América e da Europa. A estimativa de pessoas beneficiadas por projetos de extensão da UFSM é de 5 milhões, e há hoje 10 mil extensionistas registrados. As ações são apresentadas em um mapa geral, como o de 2019, e em 17 mapas temáticos, agrupados por eixo da Agenda 2030. Cada um traz informações como a qual Objetivo de Desenvolvimento Sustentável está vinculado, o número de ações, qual a estimativa de público alcançado e quantos municípios as ações abrangem, além de agregar um painel com notícias sobre as ações alinhadas a cada ODS.

Segundo o pró-reitor de Extensão, professor Flavi Lisboa Filho, o Mapa é importante por diversas razões, como a capacidade de diálogo com a sociedade, tornando acessível trabalhos que são desenvolvidos pela UFSM, dando visibilidade não só às ações, como também às parcerias estabelecidas com instituições externas, e o grande impacto nacional que há ao dar transparência e publicidade às ações, exemplificado pelo contato que outras universidades fizeram em busca de desenvolver suas próprias versões de mapas, para mostrar à comunidade regional de cada universidade o impacto positivo que as instituições federais de ensino superior podem trazer.

Recicla Frederico

Durante o lançamento, a professora Aline Passini, do campus de Frederico Westphalen, apresentou como um dos exemplos de projeto de extensão do Mapa o Recicla Frederico. O projeto teve início em 2016, em encontros para discussão de ideias voltadas ao benefício da comunidade de Frederico Westphalen. Ao longo dos cinco anos, o Recicla Frederico fez mais de 20 parcerias, com instituições públicas e privadas, atendendo o ODS 17 – Parcerias e Meios de Implementação. Um dos parceiros mais notáveis é o Consórcio Intermunicipal de Gestão de Resíduos Sólidos (Cigres), que abrange 31 cidades e por volta de 200 mil habitantes.

O projeto foi fundamental na implementação de coleta seletiva em Frederico Westphalen. Entre outras ações práticas do projeto estão a confecção e distribuição de folders com instruções sobre o descarte adequado de resíduos, atividades com estudantes das 17 escolas do município durante a Semana do Meio Ambiente, campanhas de recolhimento de resíduos especiais e eletroeletrônicos, uso de redes sociais para conscientização da comunidade sobre a importância do descarte correto, instalação de ecopontos para resíduos que não podem ser descartados com resíduos comuns – medicamentos, pilhas, lâmpadas, pneus, óleo de cozinha, eletroeletrônicos e vidro – tendo recolhido mais de 80 toneladas de eletroeletrônicos em quatro anos, e o desenvolvimento do aplicativo Recicla Frederico, feito em parceria com o curso de Sistemas de Informação, que tem o objetivo de informar os moradores da cidade pontos de descarte disponíveis para cada tipo de resíduo. 

O evento de lançamento do Mapa da Extensão 2021 está disponível na íntegra no canal da PRE no YouTube.

Texto: Ana Laura Iwai, acadêmica de Jornalismo e bolsista da Agência de Notícias
Edição: Ricardo Bonfanti, jornalista da Agência de Notícias

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes