Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Professora da UFSM integrou delegação brasileira que conquistou ouro na Olimpíada Internacional de Filosofia

Mitieli Seixas da Silva, do Departamento de Filosofia do CCSH, foi uma das quatro integrantes da equipe que representou o Brasil



Mitieli (acima, à esquerda) e demais integrantes da delegação brasileira

Antes restrita apenas a poucos países europeus, as Olimpíadas de Filosofia firmaram acordo com a Unesco em 2001, contribuindo para o aumento do número de países envolvidos. O Brasil participou pela primeira vez em 2017. Neste ano, a 29ª Olimpíada Internacional de Filosofia aconteceu no final de maio de modo online, assim como já havia ocorrido em 2020, em função da pandemia. 

A professora Mitieli Seixas da Silva, do Departamento de Filosofia do Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH) da UFSM, participou como integrante da delegação brasileira, juntamente com o professor Gustavo Coelho, do Colégio Israelita Brasileiro. Luiz Felipe Morgado Horta, da Escola Britânica, do Rio de Janeiro, e Toma Gheorghe, do Colégio Núcleo, de Recife, participaram como alunos. Luiz Felipe ganhou a medalha de ouro na competição.

Com um ótimo histórico de premiações, o Brasil já havia conquistado três menções honrosas e uma medalha de prata em outras quatro participações, mas esta foi a primeira vez que um estudante brasileiro alcançou o prêmio máximo do evento. Ambos os estudantes decidiram ingressar na carreira acadêmica da área da filosofia, o que foi comemorado pelos professores Mitieli e Gustavo. 

Dentre os objetivos da Olimpíada Internacional de Filosofia estão o desenvolvimento do pensamento crítico a respeito da sociedade atual e a integração entre estudantes de países e culturas diferentes. Cada país pode, no máximo, levar dois participantes, que devem estar matriculados no ensino médio no momento da inscrição e terem até 20 anos.

Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional do CCSH

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes