Ir para o conteúdo UFSM Ir para o menu UFSM Ir para a busca no portal Ir para o rodapé UFSM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

App Questiona: UFSM lança plataforma que busca auxiliar em conhecimentos voltados ao  Enade

Aplicativo foi desenvolvido por proposta interdisciplinar de 4 diferentes áreas



Equipe responsável pelo planejamento do App

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) busca avaliar o aproveitamento dos concluintes de graduação, tendo em vista o currículo e habilidades profissionais de cada curso. Nesta perspectiva, um grupo de professores e alunos desenvolveu, através de uma disciplina, uma plataforma que reúne todas as questões das provas anteriores separadas por curso, ano e palavras chaves. A ideia surgiu da necessidade de centralizar as questões buscando auxiliar com as atividades dos docentes em sala de aula, assim como contribuir com um melhor desempenho da universidade no Exame. O aplicativo intitulado Questiona já está desenvolvido e passa agora por melhorias e atualizações. 

Um bom desempenho dos alunos na prova do Enade impacta de forma direta nos indicadores dos cursos e da Universidade. O Questiona surge, não somente para auxiliar docentes e discentes na aplicação, mas também fazer com que se entenda a importância da prova e a forma como ela é construída, objetivando o alcance de melhores resultados. Jaqueline Quincozes da Silva Kegler, docente do Departamento de Ciências da Comunicação e integrante do grupo que desenvolveu a proposta, explica que os resultados do Enade impactam diretamente nas Metas e no Plano de Desenvolvimento Institucional da UFSM, sendo assim, o objetivo do aplicativo é fazer com que os alunos se aproximem mais das provas, antes mesmo de sua realização efetiva, obtendo melhores resultados, ao mesmo tempo instrua os docentes sobre as fraquezas e potencialidades dos cursos, já que poderão verificar a forma como os conteúdos estão sendo exigidos. Andrea Schwertner Charão, professora no Departamento de Linguagens e Sistemas de Computação e idealizadora da proposta, pensa que conhecer melhor a prova, o que é exigido, pontos fortes e fracos de cada área pode auxiliar, inclusive no planejamento de novos currículos, mais alinhados com as exigências do momento.

Para o Pró-Reitor de Graduação, Jerônimo Tybusch, o Questiona tem uma importância muito grande para a UFSM e em especial para a Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), que se envolve diretamente com as demandas da graduação e com o acompanhamento do desempenho dos alunos no Enade. Ele compreende que o aplicativo facilita o acesso dos concluintes às questões da prova e assim os deixa mais preparados para o dia do Exame. “É importante para quem faz uma prova saber quais os tipos de texto utilizados, as formas das questões não só para deixá-los preparados mas também para deixá-los mais tranquilos em relação a esta etapa. Também consolida-se como um repositório para os docentes trabalharem as questões em aulas ou em atividades de sensibilização em relação ao ENADE”, destaca Jerônimo.

Trabalho coletivo, objetivo em comum

Desenvolvimento da plataforma é motivo de muito orgulho para os envolvidos no projeto

O Questiona é fruto de um trabalho em grupo. O primeiro passo foi dado pela professora  Andrea Schwertner Charão. Ela conta que, analisando alguns resultados das provas anteriores do Enade, percebeu a necessidade de um projeto sobre o assunto. Conversando com o Coordenador de Planejamento e Avaliação Institucional e Pró-Reitor Substituto de Planejamento, Fernando Pires Barbosa, notaram que, para melhor aproveitamento da ideia, caberia o desenvolvimento junto a Universidade, em parceria com a  PROGRAD. “Em diálogo com outros professores, pensamos em fazer de uma forma diferente, uma disciplina que fosse um laboratório de criação. Uma solução que ninguém tinha pronta mas, com pessoas de várias áreas, poderia ficar algo bem diferente e inovador.” Ao semearem a ideia em outras áreas, surgiu a disciplina “Laboratório de Projetos Institucionais Integrados”. 

Ministraram aulas na disciplina quatro professores de diferentes áreas: Andrea Schwertner Charão do Centro de Tecnologia, Débora Aita Gasparetto do Centro de Artes e Letras, Jaqueline Quincozes da Silva Kegler e Roberto Schoproni Bichueti do Centro de Ciências Sociais e Humanas. Além disso, se tratando de um projeto de interesse institucional, alguns pró-reitores participaram do acompanhamento da disciplina. Como é o caso do Fernando e da atual vice-reitora da UFSM, Martha Adaime, que anteriormente esteve à frente da Pró-Reitoria de Graduação. Martha relata as peculiaridades da disciplina, ofertada em Edital, tendo em vista a necessidade de alguns pré-requisitos, bem como a interdisciplinaridade. “É bastante complexo em integrar essas diferentes áreas. São de três unidades reunidas para resolução de um problema”, conta a vice-reitora.

Os envolvidos relatam que a maior dificuldade da produção, não foi nem mesmo a interlocução entre as áreas, e sim a disciplina ter sido feita remotamente. Mesmo assim, o fato não atrapalhou o desempenho da produção. “Não nos conhecíamos, nos conhecemos produzindo o plano de ensino em 2020. A disciplina foi pensada toda para ser presencial, com interações na sala da PROGRAD. Em março de 2020 começou a pandemia e em REDE tivemos que nos organizar.”, relata a professora Jaqueline. Além disso, eles complementam dizendo que o envolvimento dos alunos foi fundamental para que a disciplina e o produto tivessem êxito “Os alunos se engajaram muito também. E é legal, porque eles têm diferentes linguagens. Tem um perfil de estilo e de comportamento também e isso foi mais um ganho.”, comenta Fernando.

Raphael Miollo, servidor, desenvolvedor e um dos alunos da disciplina, conta que hoje o projeto se encontra em fase de melhorias e até a próxima edição do Enade estará disponível de forma completa. Atualmente a iniciativa conta com o apoio institucional do Centro de Processamento de Dados (CPD) e de um bolsista para a manutenção da plataforma, melhorias e inserção das edições atualizadas das provas. 

Enade 2021

Na última segunda-feira (12) foram divulgados os resultados do Enade de 2021. A UFSM teve mais da metade dos cursos avaliados pelo Enade obtendo os conceitos mais altos (4 e 5). A proposta é que o app já esteja disponível para a próxima edição do Exame, que deve acontecer no mês de novembro.

Texto: Letícia Klusener, estudante de jornalismo e voluntária na Agência de Notícias
Edição: Mariana Henriques, jornalista

Divulgue este conteúdo:
https://ufsm.br/r-1-59708

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes