Ir para o conteúdo Guia Mídias Sociais Ir para o menu Guia Mídias Sociais Ir para a busca no site Guia Mídias Sociais Ir para o rodapé Guia Mídias Sociais
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

É necessário estar em algum site de rede social?

Cada rede social tem suas especificidades e se relaciona com seus públicos por meio de diferentes recursos. Essas diferenças determinam o modo como serão trabalhados os conteúdos publicados em cada uma delas. Deve-se considerar as funcionalidades de cada rede social para adaptá-las à realidade de cada instituição.

O uso das redes pelas instituições deve ser distinto do uso para fins pessoais. No caso da UFSM, deve-se sempre considerar os princípios da administração pública (legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência) e da Política de Comunicação da instituição. Por exemplo, os perfis da UFSM não devem seguir nenhum perfil pessoal, apenas perfis institucionais.

Abaixo, algumas perguntas a serem consideradas sobre a necessidade da presença nos sites de redes sociais:

  • Qual é o seu objetivo em estar nas redes sociais?
  • Quais são os seus públicos? Quem será seu curtidor/seguidor nas redes?
  • Você tem conteúdo diário, semanal, mensal ou anual para divulgar?
  • Sua equipe está apta a produzir esse conteúdo e interagir com o público?
  • Quais outras formas de comunicação se complementariam à criação de um perfil ou uma página?

Essas questões auxiliam você a repensar sua necessidade de comunicação, por exemplo:

  • Seu Grupo de Pesquisa promove um evento anual sobre o tema de estudo. Não seria mais interessante você ter um EVENTO no Facebook ao invés de uma fanpage? Uma fanpage requer alimentação de conteúdo semanal para ter visibilidade e presença junto ao público. Um evento exige conteúdo focado. Você pode encaminhar o link do evento para publicação nas páginas do curso e/ou Unidade de Ensino para dar mais visibilidade à iniciativa.
  • Seu Grupo de Extensão realiza atividades mensais com determinada comunidade e é preciso estar em contato com as pessoas. Não seria mais interessante um GRUPO NO FACEBOOK (ou no WhatsApp) do que um perfil no Instagram? A ferramenta Grupos, assim como a ferramenta Eventos, pode ter a característica de “aberto, privado, ou secreto”. Na modalidade aberta, publicações, visualizações e entradas de novos membros no Grupo são possíveis para todos os usuários do Facebook. Quando o grupo é privado, as publicações só podem ser vistas pelos integrantes, mas há a possibilidade de não integrantes “pedirem para participar do grupo”. Ao definir o grupo como secreto, somente os integrantes que você adicionou poderão ver as publicações e saber que o grupo existe. 

Há diferentes maneiras de fazer comunicação digital por meio dos sites de redes sociais, sem que seja necessária a criação de páginas oficiais. Essas ferramentas descritas podem auxiliar e melhorar a visibilidade do setor da Universidade. Caso essas perguntas não sejam levadas em consideração, apesar de você ter boa intenção, você poderá não ter o sucesso que deseja.

Se você optar por alguma ferramenta que não seja a fanpage, ou mesmo mantendo uma fanpage, você pode enviar sugestões de publicações (posts) para as páginas oficiais da UFSM pelo e-mail redessociaisufsm@gmail.com. Dessa forma, o conteúdo será avaliado e publicado nessas páginas, que possuem maior alcance. 

Se você possui algum perfil ou página em site de rede social relacionado à UFSM sem atualização, reveja a necessidade de mantê-lo(a) ativo(a). A desatualização demonstra falta de cuidado e descomprometimento com o público que se acompanha o perfil/página na rede social. Por isso, caso você perceba que não há conteúdo e/ou recurso suficiente para mantê-lo(a), faça o arquivamento (através de print screen) dos conteúdos publicados e posteriormente exclua a página.

Antes de criar uma rede, planeje. Tendo em mente o objetivo e o público das redes sociais, o plano pode ser uma planilha simples com datas e conteúdos, de forma a organizar as postagens e analisar se realmente há conteúdo e equipe suficiente para manter a periodicidade das publicações.

Ao optar por manter uma fanpage, indicamos que leia com atenção este Guia, pois ele resume diretrizes para a comunicação oficial da UFSM nas redes sociais. Essa padronização da presença digital é essencial para que se mantenha uma imagem positiva e integrada da Universidade.