Ir para o conteúdo Políticas Editoriais Ir para o menu Políticas Editoriais Ir para a busca no site Políticas Editoriais Ir para o rodapé Políticas Editoriais
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Política Editorial da TV Campus

A TV Campus foi a primeira televisão universitária a exibir conteúdo via cabo no país em 30 de julho de 1995. A emissora mantém uma programação diária de 12 horas no canal 15 da NET Santa Maria, com grade intercalada com a UFN TV, preenchida por produções próprias, materiais de outras televisões universitárias, audiovisuais viabilizados por editais de fomento para integrar a programação de emissoras públicas, além de produções de outros setores produtores da Universidade Federal de Santa Maria. O canal está disponível ininterruptamente no site da emissora e disponibiliza regularmente conteúdo nas mídias sociais.

A TV Campus tem como objetivo geral difundir, através do audiovisual, as atividades e o conhecimento científico das áreas de ensino, pesquisa e extensão da UFSM, promovendo a educação, a reflexão crítica, a formação pedagógica de novos profissionais de Comunicação e suas áreas convergentes, bem como a aproximação da instituição com a sociedade.

O conteúdo produzido pela emissora segue os princípios da radiodifusão pública no país, estabelecidos na Lei nº 11.652/2008, prezando sempre pela qualidade e pela observância dos preceitos éticos. Também está em consonância com as diretrizes da Política de Comunicação da UFSM, instituída pela Resolução 005/2018.

Os públicos-alvo da emissora se juntam com as diferentes pessoas que constituem a instituição nos diferentes campus e estratos (docentes, discentes, técnico-administrativos em educação, funcionários terceirizados e servidores aposentados), assim como toda a comunidade residente em Santa Maria e região.

A TV Campus aborda, por meio da produção de reportagens, documentários, entrevistas e outros tipos de produtos audiovisuais, temas de interesse público além da divulgação das ações da UFSM que tenham impacto na comunidade acadêmica, santa-mariense e das demais regiões de abrangência da Instituição. Alinhada ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), a emissora seleciona, avalia, produz e veicula conteúdo seguindo quatro eixos: ensino, pesquisa, extensão e ações institucionais, com foco em alguns dos desafios que o PDI em vigor sinaliza como prioritários.

A produção audiovisual da TV Campus é voltada, essencialmente, ao preenchimento da sua grade de programação no canal 15 da NET Santa Maria. Por se tratar de uma emissora com formatos bastante definidos, a TV Campus não trabalha com pedidos sob demanda, mas sim visando a adequação das solicitações de trabalho aos seus programas. Regularmente, os profissionais da emissora se reúnem para a elaboração de pautas e a avaliação do conteúdo produzido com vistas ao controle de qualidade da sua produção e planejamento estratégico do setor.

Tais pautas são resultado da seleção constante por temas de interesse público percebidos pela equipe de funcionários do veículo, assim como da sugestão direta e indireta dos espectadores pelos meios que a emissora disponibiliza para contato (e-mail, site, telefone e mídias sociais), estimulando a participação da comunidade acadêmica e externa na construção de seu conteúdo.

A quantidade de produções da TV Campus está diretamente vinculada à capacidade de produção do setor considerando os recursos humanos (número de servidores, discentes e distinção de cargos) e recursos materiais ao dispor (condições da estrutura e equipamentos). Desse modo, cabe a emissora a decisão final sobre o número de produções a serem realizadas por seus funcionários e colaboradores ao longo do ano, primando pela qualidade sobre a quantidade e a preservação de suas ferramentas de produção.

São atribuições da TV Campus:

• Seleção, avaliação, produção e veiculação dos acontecimentos de interesse da comunidade acadêmica, santa-mariense e demais públicos impactados pela abrangência da UFSM pelo meio audiovisual;

• Produção de conteúdo educativo e informativo, em linguagem acessível, que estimulem a reflexão crítica na sociedade e reafirmam o papel desempenhado pela UFSM nas suas diversas ações de ensino, pesquisa e extensão;

• Contribuição na formação pedagógica de futuros profissionais de Comunicação e em áreas convergentes por meio da experiência prática e da vivência em um ambiente profissional;

• Veiculação de materiais audiovisuais produzidos no âmbito da Instituição desde que alinhados aos valores com os quais a emissora se identifica e promove;

• Curadoria e veiculação de materiais audiovisuais produzidos fora da UFSM, mas que sejam de interesse público para os públicos-alvo da Universidade.

Guiada pelos desafios do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), a TV Campus trabalha de maneira a construir uma programação educativa diversificada, plural e independente para além da lógica comercial dominante nos veículos de comunicação no Brasil. O conteúdo proposto pela emissora visa atender a heterogeneidade de seu público mantendo a isenção de toda sorte, bem como os princípios da administração pública, e os valores éticos fundamentais para a convivência harmônica entre a Universidade e sociedade.

Cada formato trabalhado pela TV Campus tem por finalidade oferecer uma maneira particular de tratamento sobre os acontecimentos que envolvem a Instituição, abrangendo desde ações do cotidiano da Universidade, à produção de materiais especiais, institucionais, e o compartilhamento de programas de outras televisões universitárias que possuam relevância para os públicos-alvo da emissora. A variabilidade de formatos garante que diferentes aspectos da comunicação pública estejam contemplados pela emissora, além de oferecer terreno fértil para a experimentação da linguagem audiovisual em sua liberdade editorial.

Considerando-se os diferentes produtores de conteúdo audiovisual no âmbito da UFSM (laboratórios didáticos/estúdios, Núcleos de Divulgação Institucional – NDIs e Assessoria de Comunicação do Gabinete do Reitor, entre outros), a TV Campus disponibiliza sua grade de programação para a veiculação de materiais audiovisuais gerados por esses produtores, contanto que os mesmos estejam alinhados aos princípios sustentados pela emissora.

A TV Campus oportuniza também que os seus estudantes, professores, técnico-administrativos e demais setores da Universidade enviem suas produções para serem exibidas na grade de programação, observados os princípios e critérios com os quais a emissora se identifica. Os produtores interessados em veicular os seus conteúdos na TV Campus devem entrar em contato com a direção do setor manifestando o seu interesse, encaminhar o material audiovisual para análise e assinar uma autorização de exibição da obra na grade da TV Campus, responsabilizando-se legalmente pela produção.

A emissora também busca a troca de conteúdo com outras televisões universitárias e públicas ao abrir sua grade de programação para veiculação de produções externas que sejam de interesse público e se encaixem nas linhas editoriais da emissora. De igual forma, a TV Campus objetiva dividir seus programas com outras televisões públicas que enxergam o potencial das produções vinculadas à UFSM para além de seus limites geográficos.

Cumprindo o papel pedagógico na formação de novos profissionais de Comunicação na área do audiovisual e áreas convergentes, em qualquer momento do semestre letivo a TV Campus pode realizar a seleção de discentes para integrar sua equipe de produção quando identificada uma necessidade em seu quadro. A emissora admite três  categorias de discentes: bolsista(a), estagiário(a) e voluntário(a).