Ir para o conteúdo Engenharia Ambiental e Sanitária Ir para o menu Engenharia Ambiental e Sanitária Ir para a busca no site Engenharia Ambiental e Sanitária Ir para o rodapé Engenharia Ambiental e Sanitária
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Sobre o curso

Missão

O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária, criado pelo parecer 172 em 28/11/2008 pelo Conselho Universitário da UFSM (Consu), integra o Centro de Educação Superior Norte RS, com sede na cidade de Frederico Westphalen.

Em 2007, após um ano de atividades, a comunidade universitária definiu que a Engenharia Ambiental e Sanitária seria um dos novos Cursos superiores a ser implantado, a partir da proposta do REUNI (Reestruturação e expansão das Universidades Federais). O curso nesta Unidade é oferecido sob um enfoque moderno, o que permite ao profissional egresso a capacidade de utilizar as mais novas tecnologias, seja na avaliação do meio ambiente ou na criação e execução de projetos relacionados a ele. O Curso é diurno e com duração de 5 anos, no campus de Frederico Westphalen, com a oferta de 60 vagas por ano. A área de Engenharia Ambiental e Sanitária foi criada no Brasil pela Portaria N.° 1693/MEC, de 05 de dezembro de 1994 e a Resolução N° 447/CONFEA, de 22 de setembro de 2000, dispõe sobre o registro profissional do Engenheiro Ambiental Sanitarista e discrimina suas atividades profissionais: administração, gestão e ordenamento ambiental, monitoramento e mitigação de impactos ambientais, seus serviços afins e correlatos.

Perfil do egresso

Será de compreensão dos elementos e processos concernentes ao ambiente natural e ao construído, com base nos fundamentos filosóficos, teóricos e metodológicos da Engenharia e a aplicação desse conhecimento na busca do desenvolvimento sócio-ambiental e econômico; domínio e permanente aprimoramento das abordagens científicas e suas aplicações em busca do desenvolvimento sustentável.

Atuação Profissional

O graduado terá sólida formação para atuar nas diversas áreas de concentração devido aos conteúdos contemplados na grade curricular, proporcionando aos mesmos uma visão ampla e crítica além de estimular a criatividade para a identificação e resolução de problemas relacionados ao meio ambiente. Para obter o perfil desejado o projeto pedagógico dá especial ênfase aos recursos hídricos, saneamento ambiental e todas as suas ramificações, em função das características ambientais regionais.