Ir para o conteúdo Ciências Econômicas Ir para o menu Ciências Econômicas Ir para a busca no site Ciências Econômicas Ir para o rodapé Ciências Econômicas
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto do Departamento de Ciências Econômicas contribui com questões relacionadas ao Desenvolvimento Regional



Com o propósito de auxiliar no processo de desenvolvimento regional, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a Sicredi Alto Uruguai
RS/SC/MG e a Sicredi Região da Produção RS/SC/MG conceberam e estão executando o projeto Aceleração Regional.

Com coordenação acadêmica do Núcleo de Pesquisas em Economia do Agronegócio (NPEA), da UFSM Campus Palmeira das Missões, e administrativa da Fundação de Apoio à Tecnologia e a Ciência (Fatec), a iniciativa Aceleração Regional já entregou diversos estudos que estão servindo como subsídio para as discussões relativas aos desafios, oportunidades e potencialidades em municípios do Extremo Oeste Catarinense, da Região Alto Uruguai e da Região da Produção do Rio Grande do Sul.

A pesquisa iniciou no ano de 2019 e já conta com um conjunto de informações estratégicas, dados econômicos, ambientais e sociais que permitem observar como as comunidades se desenvolveram e evoluíram nos últimos 15 anos.

Neste contexto, por considerar que este esforço pode ajudar ainda mais no processo de planejamento estratégico dos municípios, a Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) solicitou os dados completos da pesquisa. O presidente da Amzop, Antônio Reginaldo Ferreira da Silva, elogiou a elaboração do diagnóstico, “que servirá de suporte para muitas de nossas ações, inclusive são dados referência que nos ajudarão na busca de investimentos à região. Além disso, de forma individual aos municípios pesquisados, os números serão muito úteis também para avaliar deficiências e oportunidades. Os gestores poderão aproveitar o estudo para estratégias de crescimento, investimentos e valorização das potencialidades.

A presidente da Sicredi Alto Uruguai RS/SC/MG, Angelita Marisa Cadoná, ressalta a satisfação em ver o interesse da Amzop pelos dados levantados através do Aceleração Regional. “Que alegria sabermos que esta instituição, que é a maior associação de municípios do Estado, irá utilizar as informações coletadas neste projeto e que querem aproveitar as oportunidades e as dificuldades apresentadas através dos números, pensando em alternativas para os desafios”, salienta Angelita.

Da mesma forma, o presidente da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, Saul João Rovadoscki, também reforçou a importância desta parceria. “Apoiar e promover o desenvolvimento dos municípios da nossa região é um das nossas principais missões e preocupações enquanto cooperativa inserida na comunidade. E os diagnósticos elaborados, que agora estão sendo disponibilizados também à Amzop, certamente vão contribuir muito para isso, pois contêm uma base muito rica de dados, que poderão ser utilizados na construção de estratégias e direcionamentos para alavancar o desenvolvimento regional”.

Para o coordenador científico da pesquisa, professor da UFSM Palmeira das Missões Nilson Luiz Costa, disponibilizar os dados e as análises já realizadas no âmbito da iniciativa Aceleração Regional pode ajudar a Amzop, os municípios filiados e a iniciativa privada a pensarem em ações voltadas ao empreendedorismo, inovação, planejamento do desenvolvimento regional e, sobretudo, em ações focadas na melhoria nas condições de vida e bem-estar da população. “Assim, se fortalecem os basilares desse processo, principalmente, a ação coordenada, a cooperação e a união de esforços em torno de um objetivo comum”, frisa Costa, que atuou na pesquisa junto com um grupo de pessoas, resultando em um esforço coletivo.

Com informações da Assessoria de Imprensa Sicredi

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes