Ir para o conteúdo Dança Ir para o menu Dança Ir para a busca no site Dança Ir para o rodapé Dança
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Forma de Acesso ao Curso

O Curso de Dança – Bacharelado possui uma entrada anual com quinze vagas. Ao longo dos três anos de funcionamento do curso, a forma de ingresso foi sendo modificada de acordo com as transformações no modelo da universidade e aprimorada a fim de corresponder à sua previsão original, que contava com Prova de Conhecimentos Específicos.

No primeiro ano, o ingresso ocorreu mediante vestibular, sem a realização de Prova de Conhecimentos Específicos devido à impossibilidade de responder ao calendário da universidade para a publicação do edital de ingresso, uma vez que o curso estava finalizando seu processo de implementação. Em 2014 e 2015, já com a primeira parte do corpo docente em atividade no momento de lançamento do edital, o ingresso pôde contar com a Prova de Conhecimentos Específicos, que compunha com a nota do vestibular, tendo peso 5. Como no primeiro ano, foram reservados 20% das vagas para ingresso através da nota do ENEM, desta vez somada à nota da Prova de Conhecimentos Específicos, na mesma proporção do ingresso via vestibular.

A partir de 2016, a universidade mudou seu sistema de ingresso, que passou a funcionar através do SISu. Entretanto, como este sistema ainda não contemplava a possibilidade de realização da Prova de Conhecimentos Específicos, o ingresso para o Curso de Dança – Bacharelado passou a ocorrer através de Edital específico (em conjunto com a Música e a Educação Física), utilizando a nota do ENEM e a realização da Prova de Conhecimentos Específicos, cuja nota tem peso 5. É importante salientar que a realização desta Prova visa incluir dentre os conhecimentos básicos valorados do candidato aqueles específicos à prática da dança, independentemente de técnica ou estilo escolhidos. Trata-se, a nosso ver, de uma medida para valorizar conhecimentos necessários a uma formação superior na área da dança, que ainda não se encontram contemplados na avaliação do ENEM.