Pular para o conteúdo
Português English Español Français Italiano

Redes Sociais

Início do conteúdo

Palestra – “ENGENHARIA AEROESPACIAL NO ITA: APRENDIZAGEM ORIENTADA POR PROJETOS” 



Dia 09/07
16:30h-18:00h
Auditório 355 do Anexo A

Prof. Dr. Willer Gomes dos Santos

Resumo: O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) é uma instituição universitária pública ligada ao Comanda da Aeronáutica (COMAER) e está localizado no Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), na cidade paulista de São José dos Campos. Criado em 1950, por inspiração do Marechal Casimiro Montenegro Filho e intensa cooperação internacional, o ITA é considerado um centro de referência no ensino de engenharia no Brasil. Especializado nas áreas de ciência e tecnologia no Setor Aeroespacial, o ITA oferece cursos de: graduação em Engenharia; pós-graduação stricto sensu em nível de Mestrado, Mestrado Profissional e Doutorado; e pós-graduação lato sensu de especialização e de extensão. O curso de Engenharia Aeroespacial do ITA, graduação e pós-graduação, forma engenheiros de concepção com profundos conhecimentos em projeto e construção de sistemas aeroespaciais, tais como: foguetes, veículos lançadores suborbitas, veículos espaciais e satélites. Após o sucesso da missão ITASAT, o Departamento de Sistemas Aeroespaciais do ITA está atualmente participando da missão SPORT que é um projeto de cooperação internacional junto com a NASA, o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e universidades americanas. Esta palestra visa cobrir os seguintes pontos: informações sobre os cursos de pós-graduação; detalhes da missão SPORT e das futuras missões do ITA; envolvimento dos alunos de graduação e pós-graduação nos projetos de nanossatélites; dinâmica adotada nas orientações e como se da a inserção dos alunos nos projetos; propostas de trabalhos; entre outros. 

Mini-currículo: Dr. WILLER GOMES DOS SANTOS é professor e cientista da Divisão de Engenharia Aeroespacial do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica). Suas áreas de pesquisa são: astrodinâmica, controle de veículos espaciais, e engenharia de sistemas espaciais. Concluiu seu doutorado em 2015 no curso de Engenharia e Tecnologias Espaciais, área de concentração em Mecânica Espacial e Controle, pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) com intercâmbio no Centro Aeroespacial Alemão (DLR), localizado na cidade de Wessling, sul da Alemanha. Em sua tese de doutorado, propôs um novo método, baseado em otimização multiobjetivo, para resolver o problema de comando de atuadores de espaçonaves. Os modelos propostos foram testados e validados no laboratório europeu de simulação de operações de proximidade do DLR, chamado EPOS (European Proximity Operations Simulator). Concluiu seu mestrado em Engenharia e Tecnologias Espaciais, também pelo INPE, no ano de 2011. Sua pesquisa de mestrado é baseada em investigações de um novo método de atuação de veículos espaciais aplicado em manobras de aerofrenagens. Graduou-se em 2008 em Engenharia de Controle e Automação pela Universidade Cruzeiro do Sul em São Paulo. Trabalhou, por três anos, no Departamento de Sistemas Espaciais do INPE, atuando no grupo de engenharia simultânea chamado de Centro de Projeto Integrado de Missões Espaciais (CPRIME). Atualmente coordena o grupo de pesquisa em Engenharia de sistemas Espaciais, Mecânica orbital e Controle (E2Moc) e participa dos diversos projetos de pequenos satélites do Centro Espacial ITA (CEI).

 


Publicações Recentes