Ir para o conteúdo Física Ir para o menu Física Ir para a busca no site Física Ir para o rodapé Física
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Princípios e Leis



Numa ciência da Natureza como a Física, fazemos distinção entre princípio e lei.

Princípio é uma proposição tomada como verdadeira desde o início. Um princípio tem o mesmo papel que um postulado na Matemática. Não pode ser verificado de modo direto pela experimentação, mas apenas indiretamente, pela concordância de suas conseqüências com os fatos observados. Podemos dizer, nesse sentido, que um princípio não é conseqüência da experimentação, mas que se sustenta pela experimentação.

O princípio de conservação da energia, por exemplo, sempre que parece ter sido violado, uma nova forma de energia é descoberta. Em outras palavras, supõe-se que o princípio seja verdadeiro e parte-se para a busca de uma nova forma de energia.

Por outro lado, lei é uma proposição que enuncia uma relação entre os valores das grandezas que aparecem na descrição de um fenômeno. Essa relação pode ser verificada experimentalmente de modo direto. Por exemplo, a lei de Hooke, que estabelece a proporcionalidade entre a elongação de uma mola e o módulo da força de restituição que ela exerce. Podemos verificar experimentalmente se uma dada mola segue essa lei e até que ponto isso acontece.

A Física é um vasto conjunto de conhecimentos em permanente construção e transformação. Com base em princípios e leis, construimos modelos que, validados por experimentos e simulações computacionais, permitem compreender e lidar com a tecnologia e com os fenômenos naturais em todas as escalas, do infinitesimalmente pequeno no interior dos átomos, ao infinitamente grande na imensidão do Universo.

Leia mais… O Espaço Pleno e a Concepção do Éter

Leia mais… Crítica à Crença na Comprovação Científica

Notícia vinculada a

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes