Ir para o conteúdo Produção Editorial Ir para o menu Produção Editorial Ir para a busca no site Produção Editorial Ir para o rodapé Produção Editorial
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Histórico

O curso de Comunicação Social

Depois de oficializada a criação do Curso de Comunicação Social, através do Decreto n° 66.446, publicado no Diário Oficial da União no dia 15 de abril de 1971, era preciso dar início à elaboração do projeto do mesmo. Para isso, foi designada pelo Reitor, José Mariano da Rocha Filho, através da Portaria nº 5051/71, uma comissão para estudar a implantação do Curso e formular o seu primeiro currículo. Em 26 de agosto de 1971, a comissão, composta pelos professores Léo Pinto Guerreiro e Norberto Pinheiro Bozetti, presidida pelo professor Manoel Braga Gastal e secretariada pelo jornalista Antônio Abelin, já havia concluído seus estudos que abordaram, principalmente, as questões curriculares que determinariam o perfil do Curso. Assim, trabalhou-se no sentido de criar um currículo que se encaixasse à realidade da UFSM e da comunidade, atendesse às expectativas do ensino e às reais necessidades do Curso.

Segundo Mariano, Médico e Jornalista, a autorização de funcionamento do Curso de Comunicação Social “teve que ser Ad referendum, pois havia resistências, inclusive no Conselho Universitário, quanto à criação dos cursos de Comunicação e Arquitetura, considerados na época, focos de subversão”. E assim, foi em uma reunião ordinária, no dia 18 de novembro de 1971, que o Conselho Universitário aprovou o funcionamento do Curso de Comunicação Social da UFSM.

 

A Produção Editorial

O Curso de Comunicação Social, finalmente, já podia ser instalado. Ficou estabelecido que teria duração de 4 anos: quatro semestres básicos e quatro semestres profissionalizantes para cada uma das habilitações de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas, Rádio e Televisão e Editoração. A Comunicação Social passou a funcionar no segundo andar da antiga Reitoria, com aulas no turno da noite. Apenas as três habilitações iniciais – Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Relações Públicas – foram efetivamente implantadas. Somente em 2010, passados 39 anos da instalação dos primeiros Cursos de Comunicação Social, e já com a separação das habilitações em cursos específicos, um novo projeto foi efetivado, com a criação do Curso de Comunicação Social – Produção Editorial.

A primeira turma do Curso de Comunicação Social- Produção Editorial iniciou no segundo semestre de 2010. A proposta deu-se a partir da iniciativa dos professores do Departamento de Ciências da Comunicação, que levaram adiante a sugestão de criar o Curso no contexto da Reestruturação e Expansão das Universidades Federais do Brasil (REUNI). Já registrado como Curso, sem habilitação, como se enquadram os demais três Cursos.

A coordenação do Curso de Comunicação Social – Produção Editorial foi exercida de 29/03/2010 a 28/03/2012 pela professora Maria Ivete Fossá, sendo designada para substituta a professora Marília de Araujo Barcellos. Em abril de 2012, o Curso passou a ser coordenado, a partir de definição do Colegiado do Curso, pela professora concursada para a área Cláudia Regina Ziliotto Bomfá e deliberado como substituta, a professora Sandra Rúbia da Silva.

 

Os primeiros anos do curso

O Curso de Comunicação Social – Produção Editorial iniciou com os professores do Departamento composto por disciplinas do currículo de Estruturação, e, no primeiro semestre de 2011, o primeiro professor concursado para este Curso do REUNI, Flavi Ferreira Lisbôa Filho, chegou, prosseguindo no segundo semestre do referido ano, a entrada das duas professoras concursadas, provenientes de formação específica e com pesquisa na área: Cláudia Regina Ziliotto Bomfá, com formação na área das Publicações Científicas, e Marília Barcellos, proveniente do mercado editorial. Neste mesmo semestre, houve o remanejo entre os professores Flavi Lisbôa e Rosane Rosa, com a troca de posição entre o Curso de Relações Públicas e o de Produção Editorial, respectivamente.

Em 2012, primeiro semestre, mais três vagas para docência foram preenchidas com a chegada das professoras concursadas: Alcioni Vieira, Liliane Brignol e Sandra Rúbia da Silva, provenientes da Comunicação. Em dezembro de 2012, foram encaminhados os processos para abertura de edital, professor adjunto, para mais 3 vagas REUNI, compondo o quadro de 8 professores para o Curso de Comunicação Social-Produção Editorial.

Em 2013, o Curso de Comunicação Social – Produção Editorial conta com cinco doutores adjuntos concursados em regime de dedicação exclusiva e três docentes substitutos.

  • Cláudia Regina Ziliotto Bomfá – SIAPE: 1876183 – Data de Admissão: 04/07/2011
  • Liliane Dutra Brignol – SIAPE: 1922189 – Data de Admissão: 27/02/2012
  • Marília de Araujo Barcellos – SIAPE: 1873940 – Data de Admissão: 24/06/2011
  • Rosane Rosa – SIAPE: 2621921 – Data de Admissão: 14/08/2008
  • Sandra Rúbia da Silva – SIAPE: 1925508 – Data de Admissão: 17/02/2012