Ir para o conteúdo Serviço Social Ir para o menu Serviço Social Ir para a busca no site Serviço Social Ir para o rodapé Serviço Social
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Apresentação

O Departamento de Ciências Sociais da UFSM apresenta este projeto de criação do Curso de Serviço Social – Bacharelado (Noturno) compreendendo que a formação deste profissional em muito contribuirá para o desenvolvimento humano e desenvolvimento social da região, notadamente pela peculiar e imprescindível área de atuação em que se constitui esta área do conhecimento e campo profissional. Acredita-se que as demandas sociais locais, regionais e nacionais impõem o investimento institucional nesta área de conhecimento e de formação profissional. Esta iniciativa só é possível em razão do Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais do Ministério da Educação (REUNI-MEC), programa este voltado aos objetivos da ampliação ao acesso e permanência no ensino superior, dentro da política nacional de expansão do ensino superior no país.

Os pontos de aproximação entre as ciências sociais e o serviço social são inúmeros. As primeiras reconhecidamente pela tradição acadêmica brasileira compreendem a Antropologia, a Sociologia e a Política, e são designadas como das mais importantes ciências básicas no campo das humanidades. O Serviço Social, por sua vez, destacadamente se firmou como uma disciplina de conhecimento mais aplicativa/interventiva do social e, para tanto, sempre fez uso das teorias e metodologias, além dos resultados das pesquisas feitas no campo das ciências sociais básicas (antropologia, sociologia e política). O caminho não é de mão única: o serviço social também, por meio das experiências acumuladas no plano da pesquisa e da prática profissional, gerou impactos no campo das ciências sociais pelos resultados muito significativos propiciados pelo seu ângulo particular de análise. Daí que o Departamento de Ciências Sociais, reconhecendo a validade do campo de conhecimento do serviço social, bem como na função social proeminente do profissional assistente social, toma à frente nesse esforço para viabilizar à comunidade em geral este curso de grande importância, fazendo que a UFSM pontue cada vez mais no quesito de sua criatividade e inovação institucionais.

O acadêmico de Serviço Social percorrerá uma formação intelectual ampla, com forte ênfase nas ciências sociais (antropologia, sociologia e ciência política), para, ao mesmo tempo, dirigir sua formação para o núcleo duro da área de conhecimento do serviço social, com suas especificidades técnico-científicas.

O Curso de Serviço Social – Bacharelado (Noturno) é concebido para ter um total de três mil horas (3.000), com a previsão de quatro anos e meio para a sua integralização. A concepção do projeto e sua carga horária mínima estão de acordo com o que está previsto nas Diretrizes Curriculares do Serviço Social, que orienta sobre a formação técnico-científica do profissional assistente social. A presente proposta de bacharelado em serviço social almeja favorecer um ambiente de inovação de práticas pedagógicas e de experimentação, sedimentando uma cultura técnico-científica do assistente social como um processo contínuo e dinâmico. Esta proposta de curso planeja uma turma ingressante de 50 alunos, perfazendo um total de 225 bacharelandos ao final de quatro anos e meio, sob uma coordenação de curso de um professor-pesquisador com formação na área de serviço social e sob a gestão do Departamento de Ciências Sociais da UFSM.