Ir para o conteúdo Tecnologia em Geoprocessamento Ir para o menu Tecnologia em Geoprocessamento Ir para a busca no site Tecnologia em Geoprocessamento Ir para o rodapé Tecnologia em Geoprocessamento
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Perfil Profissional

O Tecnólogo em Geoprocessamento é um profissional de nível superior comprometido com o desenvolvimento social e econômico, estando qualificado a compreender e desenvolver atividades de produção, aquisição, armazenagem, análise, disseminação e gerenciamento de informações espaciais relacionadas com o ambiente e com os recursos terrestres, respeitando valores éticos, morais, culturais, sociais e ambientais.

Para o bom desempenho de sua profissão, o Tecnólogo em Geoprocessamento deverá estar apto a:
– Conhecer as áreas de atuação do Tecnólogo em Geoprocessamento e a legislação profissional pertinente.
– Compreender textos em língua inglesa a partir da aplicação de estratégias de leitura.
– Conhecer os conceitos sobre educação ambiental, legislação ambiental, impacto ambiental e técnicas utilizadas para avaliação do meio ambiente.
– Identificar, selecionar e empregar normas técnicas, metodologias e instrumentos de pesquisa na elaboração dos projetos de pesquisa, planos, relatórios aplicáveis à área da Geomática e estruturação de Curriculum Vitae.
– Interpretar os conceitos fundamentais da gestão e organização das empresas e as estratégias para facilitar a operacionalização das atividades.
– Compreender os fenômenos geológicos de natureza externa e interna e suas implicações na vida humana.
– Conhecer e aplicar as teorias, metodologias e modelos de planejamento do espaço geográfico.
– Operar com sistemas de equações lineares, espaços vetoriais, produtos, transformações lineares, autovalores e espaços com produto interno.
– Aplicar as técnicas do Cálculo Diferencial e Integral para determinar funções reais de uma variável real.
– Compreender os métodos numéricos com sua fundamentação teórica, suas vantagens e dificuldades computacionais.
– Conhecer e aplicar técnicas e métodos estatísticos na resolução de problemas relacionados à área de Geoprocessamento.
– Aplicar as técnicas de geoestatística na geração de superfícies de interpolação espacial.
– Executar e representar levantamentos topográficos planimétricos utilizando métodos e equipamentos adequados.
– Executar e representar levantamentos topográficos altimétricos utilizando métodos e equipamentos adequados.
– Dominar os fundamentos teóricos e práticos da Geodésia.
– Conhecer os conceitos básicos de geodésia celeste e através de atividades práticas realizar o processamento de dados obtidos por Sistemas Globais de Navegação por Satélites (GNSS).
– Aplicar a lei de propagação das covariâncias para o ajustamento de levantamentos geodésicos aplicados ao gerreferenciamento.
– Selecionar material, extrair e transferir informações geográficas de cartas e mapas, utilizando sistemas de referência, projeções cartográficas e os sistemas de coordenadas.
– Realizar trabalhos de construção cartográfica, conhecendo suas características e ambientes de trabalho.
– Realizar desenhos através de coordenadas polares e cartesianas, por computador, obedecendo aos princípios básicos de execução e normatização do desenho técnico e computacional.
– Capturar, armazenar, tratar e planejar a apresentação de dados georreferenciados na elaboração de mapas, utilizando técnicas, aplicativos e equipamentos computacionais.
– Coletar dados geográficos e executar cadastros técnicos multifinalitários.
– Aplicar o geoprocessamento na análise ambiental.
– Utilizar os princípios físicos que interferem na emissão, transmissão e recepção de sinais, para a localização de pontos na superfície terrestre e formação de imagens.
-Utilizar ferramentas computacionais de fotogrametria analógica e digital para geração de mapas orto-retificados e modelos de elevação do terreno.
– Dominar os conceitos básicos da fotointerpretação temática, para aplicação em planejamento ambiental.
– Conhecer os princípios básicos do sensoriamento remoto, os sistemas de obtenção de imagens e suas aplicações.
– Aplicar as técnicas de processamento digital de imagens de sensoriamento remoto no âmbito das correções radiométricas e geométricas.
– Compreender e executar as técnicas de classificação de imagens, identificando os tipos de elementos e seus significados para a confecção de mapas temáticos.
– Conhecer os principais tópicos relacionados à área da Informática e à atuação do tecnólogo em geoprocessamento na mesma.
– Conhecer os conceitos, métodos e técnicas de estruturação, modelagem, implantação e aplicação de bancos de dados de natureza espacial.
– Desenvolver algoritmos de programação estruturados para a solução de problemas da área de geomática.
– Especificar, projetar e implementar sistemas computacionais orientados a objetos.
– Especificar, projetar e implementar sistemas, na área de geoprocessamento, para a rede mundial de computadores.
– Elaborar e aplicar projetos técnico-científicos relacionados ao Geoprocessamento.