Ir para o conteúdo PPGAAA Ir para o menu PPGAAA Ir para a busca no site PPGAAA Ir para o rodapé PPGAAA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Projeto de Pesquisa: Cultivo do Trigo duplo propósito em Sistema Agroflorestal



Mestrando: Cleiton Korcelski

Orientador: Braulio Otomar Caron

foto0046 2

 

 Descrições Gerais

 

O Sistema Agroflorestal (SAF) é o modo de cultivo onde se insere nesse ambiente, três componentes de produção: espécie agrícola, espécie florestal e espécie animal. Atualmente, o SAF apresentou grande aceitação por parte de produtores, principalmente da área pecuarista. Se mostra dessa forma, como sistema de cultivo bastante sustentável (Figura 1), devido à seu maior poder de aporte de matéria orgânica no solo (Figura 2) (oriundo não somente da espécie agrícola, mas também da espécie florestal), e dessa forma, proteção do solo contra intempéries erosivos, além de beneficiar a estruturação do solo, evitando sua degradação. Ainda, o SAF propicia maior bem-estar animal ao ponto de submeter o pastejo animal ao sombreamento (Figura 3) em épocas de maior insolação solar. No período invernal, com uso de espécies florestais caducifólias, deixa transmitir maior fluxo de radiação solar, mantendo um ambiente equilibrado (Figura 4). No entanto, ressalta-se que o crescimento e desenvolvimento das espécies utilizadas no SAF pode sofrer interações negativas se a sua condução ser errônea. Contudo, necessita de maior nível de estudo para cada fator que compõe o sistema.

  

Objetivo Geral

 

– Determinar a viabilidade de cultivo do Trigo duplo propósito como produto forrageiro e granífero em Sistema Agroflorestal.

  IMG 20141031 104115478

 

Objetivo Específicos

 

– Quantificar a eficiência de conversão de radiação solar em massa seca de trigo duplo propósito em um Sistema Agroflorestal.

 

– Observar variáveis de crescimento e desenvolvimento do trigo duplo propósito em sub-bosque de distintas espécies florestais.

 

– Avaliar a modificação da morfo-anatomia da folha de trigo duplo propósito submetida ao sombreamento.

 

 IMG 20141031 104214905

 

Metodologia

 

O experimento foi conduzido no sistema fatorial 4x2x2. Foi composto por quatro espécies florestais (Peltophorum dubium – Canafístula; Parapiptadenia rigida – Anjico; Eucalyptus grandis – Eucalipto e Schizolobium parahyba – Guapuruvu), dois sistemas agroflorestais (Sistema linha – Renques de árvores espaçados de seis metros; Sistema Faixa – Renques de árvores espaçados de doze metros) e dois sistemas de corte da cultura forrageira (Sem manejo de corte; Realização de um corte). A espécie forrageira utilizada foi o Trigo duplo propósito, onde foram avaliadas as seguintes variáveis:

 

– Variáveis estruturais: número de afilhos, altura de planta, taxa de surgimento de folhas, área foliar, produtividade de matéria verde e seca, distintas taxas de crescimento, angulação de folha bandeira e componentes de rendimento de grãos.

 

– Variáveis climáticas (caracterização de área) e Eficiência no uso da radiação: radiação solar incidente e interceptada (pelo dossel arbóreo), umidade relativa do ar e temperatura do ar.

 

-Variáveis morfo-anatômicas da folha de trigo: número e tamanho de estômatos, espessura da epiderme, presença e tamanho de espaços intercelulares e câmara subestomática e estruturação de parênquima paliçádico e lacunoso.

 foto0061

 

 

 

 

 

 


Publicações Recentes