Ir para o conteúdo POSCOM Ir para o menu POSCOM Ir para a busca no site POSCOM Ir para o rodapé POSCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Palestra na Aula Magna discutiu novas abordagens das pesquisas de recepção



Como estudar as práticas dos consumidores/receptores dos produtos midiáticos na atualidade, em um contexto de convergência e transmidiação? Essa foi a principal indagação levantada pela professora e pesquisadora Maria Immacolata Vassalo de Lopes, da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), na palestra proferida na Aula Magna do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria.

Com o tema “Redefinindo a Recepção: Convergência e Transmidiação”, a pesquisadora – que há décadas desenvolve e orienta estudos de recepção midiática no Brasil – abordou a importância cada vez maior de se investigar “o que as pessoas estão fazendo com os dispositivos e meios”, neste cenário em que diferentes mídias se inter-relacionam e em que as mesmas pessoas que consomem os produtos também atuam como produtores de conteúdo. Immacolata referiu-se principalmente à recepção dos produtos televisivos, como a telenovela – seu principal objeto de pesquisa.

Atualmente, este consumo se dá em um ambiente transmídia em que as pessoas assistem aos programas ao mesmo tempo em que postam suas impressões em sites de redes sociais, como Twitter e Facebook. Ao mesmo tempo, a pesquisadora lembrou que as narrativas já não são como antes, pois os produtores estão propondo produtos mais voltados para esse público participativo, como foi o caso da telenovela Avenida Brasil, um fenômeno de audiência não só na televisão, mas também nas mídias sociais.

Suas pesquisas mais recentes têm tido como base conceitos trabalhados por Henry Jenkins em seu popular “Cultura da Convergência”. Em termos de estudos de recepção, a abordagem é inovadora e reposiciona o entendimento que se tinha quando a televisão reinava absoluta. Hoje, ela continua ocupando sua posição de centralidade, mas as conversas que motivava na audiência agora estão também nas mídias, apontou a palestrante.

Realizada na sexta-feira, 26 de abril, a solenidade abriu oficialmente as atividades do ano letivo no Poscom, reunindo autoridades da UFSM, docentes, profissionais e estudantes de Graduação e Pós-Graduação, de instituições de Santa Maria e região.

Luciana Carvalho – jornalista, doutoranda no Poscom – UFSM.


Publicações Recentes