Ir para o conteúdo POSCOM Ir para o menu POSCOM Ir para a busca no site POSCOM Ir para o rodapé POSCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Grupos de estudos realizam discussões no segundo dia do V Sipecom



Na tarde desta quarta-feira, 16, ocorreram as reuniões de grupos de trabalho no V Sipecom. Os participantes do seminário puderam discutir sobre pesquisas de recepção, audiovisualidades, comunicação institucional e organizacional, jornalismo, publicidade e cultura e identidade.

Doutoranda do PPGCom da UFRGS Silvana Dalmaso apresenta seu artigo no GT em Jornalismo “Da orientação social a produto de uma rede complexa: apontamentos sobre o processo de transformação dos eventos em notícia“.

Os trabalhos de recepção discutiram sobre o desafio de se fazer um recorte específico no tema e sobre a liquidez dos tempos modernos. Em Estudos de Audiovisualidades, a discussão girou em torno das narrativas cinematográficas. Um dos trabalhos colocou em perspectiva o modo de cobrir conflitos e manifestações sociais.

O GT de Comunicação Institucional e Organizacional apresentou pesquisas que pensam a comunicação de forma mais democrática e estratégica. A coordenadora da mesa, Patrícia Pérsigo, conta que o grupo discutiu sobre as mobilizações sociais, tanto no campo teórico quanto “como insumo estratégico da comunicação comunitária”.

Nos debates sobre Estudos de Jornalismo surgiram projetos que promovem a reflexão do campo jornalístico a partir das questões da prática profissional, como no trabalho das jornalistas Juliana Motta e Anelise Rublescki, que debateu a cobertura jornalística da tragédia na Boate Kiss, que aconteceu em janeiro de 2013, em Santa Maria. O Grupo de Estudos de Publicidade falou sobre a insegurança da pesquisa em comunicação e especialmente em publicidade.

A construção de universos paralelos e de estereótipos foram alguns dos temas abordados no pelo Grupo de Estudos de Cultura e Identidades. A coordenadora da mesa, Giane Escobar, destacou os principais temas discutidos: questões de identidade, o feminismo e as representações de gênero e raça.

A relação das mídias digitais com as pesquisas, e a forma de pensar a comunicação atualmente, foi discutido em todos os GTs. Os movimentos sociais também foram assunto de destaque.

Participantes dos GTs destacaram a importância destes momentos de encontro, a aluna de doutorado da Universidade do Rio Grande do Sul, Silvana Dalmaso, destaca a importância do debate para a continuação da pesquisa. “O debate é bem produtivo. É legal apresentar um trabalho porque tu tens o retorno das pessoas, sugestões de bibliografia, perguntas interessantes que sempre te ajudam a melhorar. Tu voltas com mais idéias e mais dicas pra ti continuar levando a diante a pesquisa.”, afirma Silvana.

Texto por: Dafne Lopes e Luan Romero


Notícia vinculada a


Publicações Recentes