Ir para o conteúdo POSCOM Ir para o menu POSCOM Ir para a busca no site POSCOM Ir para o rodapé POSCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Professora Rosario Sánchez Vilela discute desafios na pesquisa em comunicação e cultura



A professora e co-diretora no Programa de Investigación en Comunicación da  Universidad Católica del Uruguay, Rosario Sánchez Vilela, estará na quinta edição do SIPECOM, quando participará da mesa-redonda Desafios da Pesquisa em Cultura e Comunicação, no dia 17.

Professora Rosario Sánchez Vivela fará parte da meda-redonda “Desafios da Pesquisa em Cultura e Comunicação”

Rosario pesquisa na área dos estudos de recepção, o que a conduziu a diferentes linhas de exploração e produção como teorias da comunicação e recepção; mídia e vida cotidiana; gêneros televisivos e formatos. O assunto no qual baseará sua fala no Seminário é a investigação que vem realizando nos últimos anos, sobre as experiências de apropriação dos computadores XO (computadores que faziam parte do Plano Ceibal: um laptop por criança em idade escolar) pelas famílias beneficiárias, com ênfase em famílias pobres. “Abordarei alguns aspectos da relação entre famílias pobres e os XO. Um dos aspectos mais relevantes é que os XO adquirem, para estas famílias, uma significação simbólica de inclusão social, mais do que inclusão digital”, comenta.

Sobre os constantes desafios na pesquisa em comunicação e cultura, eixo de discussão do qual participará nesta edição do Sipecom, Rosario diz que “um dos desafios centrais é o de gerar conhecimento sobre a articulação entre velhas e novas tecnologias, investigar as mudanças e continuidades nas práticas culturais e o espaço público a partir das redes sociais”. Além disso, a professora menciona o fato de que a pesquisa em comunicação e cultura geralmente envolve o pesquisador no fenômeno que investiga – isso exige estar alerta, em vigilância sobre sua subjetividade. “Todavia, há aspectos que elucidam sobre o que entendemos por pesquisa em comunicação e cultura: quais são as relações entre os campos? Eles são ou não são duas áreas diferentes? Há, ali, uma indagação que se move: enquanto o conceito de cultura mudou muito desde a antropologia, a sociologia ou a história cultural, a comunicação está sendo transformada pelas novas tecnologias”, ressalta.

A mesa-redonda “Desafios da Pesquisa em Cultura e Comunicação” será realizada nesta quinta-feira, dia 17, às 14h, no Auditório da Química, junto ao prédio 18 do Campus da UFSM. Além da professora Rosario Sánchez Vilela, o debate ainda terá a participação dos pesquisadores Luiz Gonzaga Figueiredo Motta (UNB) e Liv Rebecca Sovik (UFRJ).

Notícia vinculada a

Publicações Relacionadas

Publicações Recentes