Ir para o conteúdo POSCOM Ir para o menu POSCOM Ir para a busca no site POSCOM Ir para o rodapé POSCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Pesquisadores do POSCOM participam do IX Seminário Globo Intercom



Entre os dias 13 e 14 de julho, a doutoranda Damaris Strassburger e a pós-doutoranda Isabel Guimarães, vinculadas ao programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria, juntamente com Aline Dalmolin e Fabiano Maggioni, professores do Departamento de Ciências da Comunicação da UFSM, estiveram no Rio de Janeiro participando da 9ª edição do Seminário Temático Globo Intercom. Promovido anualmente desde 2007, por meio de uma parceria entre a Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) e o Globo Universidade, o evento tem como objetivo integrar a academia e os profissionais da emissora.

Com o tema “Novas narrativas na comunicação contemporânea” o evento promoveu, na segunda-feira, dia 13, uma série de palestras com profissionais das Organizações Globo. A diretora do portal G1, Márcia Menezes, e a diretora de desenvolvimento artístico da Rede Globo, Mônica Albuquerque, iniciaram as atividades discutindo as mudanças no telejornalismo, especialmente em termos de narrativa, conteúdo e formato, bem como sua relação com o entretenimento e o esporte. Em seguida, os roteiristas Rosane Svartman e Paulo Halm abordaram a produção da telenovela Malhação, enfatizando o processo de construção desse produto nas edições de 2012 e 2015, em que a narrativa da telenovela foi construída como uma obra aberta, com a participação do público. Encerrando o primeiro dia de evento, o jornalista e apresentador do telejornal Bom Dia Rio Flávio Fachel salientou os desafios do jornalismo local, a importância do foco na prestação de serviços e da interação com os telespectadores.

Na continuidade do Seminário, na terça-feira, dia 14, os participantes souberam mais sobre as etapas de pré-produção e produção dos produtos ficcionais, e conheceram as instalações da Central Globo de Produções – Projeto Jacarepaguá (Projac). Damaris destacou a visita à cidade cenográfica e ao estúdio da telenovela “I Love Paraisópolis”, à fábrica e acervo de figurinos e à fábrica de efeitos especiais da emissora. A doutoranda salientou alguns dados interessantes em relação às atividades no Projac. “São cerca de 10 mil pessoas circulando por dia, 1,6 milhão de metros quadrados de área, 2,5 mil horas de produção por ano e aproximadamente 40 cenas gravadas de telenovelas diariamente”. Para ela, a participação no Seminário foi bastante válida, já que o evento permitiu-lhe conhecer melhor o modo de fazer televisivo, especialmente do ponto de vista do telejornal e da telenovela, que são considerados os carros-chefes da emissora.


Publicações Recentes