Ir para o conteúdo POSCOM Ir para o menu POSCOM Ir para a busca no site POSCOM Ir para o rodapé POSCOM
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Dissertação defendida no Poscom/UFSM é vencedora do Prêmio Compós



Dieison Dissertao Imagem

A pesquisa “Documentário queer no Sul do Brasil (2000-2014): narrativas contrassexuais e contradisciplinares nas representações das personagens LGBT”, de autoria de Dieison Marconi Pereira, foi eleita a Melhor Dissertação de 2016 no Prêmio Compós de Teses e Dissertações Eduardo Peñuela, promovido pela Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós). Esta é a primeira vez que uma pesquisa defendida no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (Poscom/UFSM) recebe a premiação. O orientador da dissertação foi o Prof. Dr. Cássio dos Santos Tomaim.

Dieison explica que sua pesquisa consistiu em um mapeamento e análise dos documentários com personagens LGBT produzidos no Sul do Brasil entre os anos 2000 e 2014, período posterior à retomada do cinema nacional. Tendo os Estudos Queer como principal aporte teórico, a pesquisa, contudo, não teve como única pretensão investigar questões de representação, mas também tentar compreender se os documentários analisados se aproximavam do que se denomina de cinema queer. “Muita coisa foi tensionada: as disputas hegemônicas, as estratégias essencialistas e liberalistas do movimento LGBT, as estéticas de resistência, uma possível contraprodução sexual/cinematográfica, universalismos, particularismos, ética/estética, preconceito e discriminação”, acrescenta Dieison. Sobre seu interesse pelo tema da pesquisa, afirma que teve motivações pessoais: “Tenho uma relação intrínseca com esse trabalho. Sou bicha e reconheço que nosso problema é epistemológico. Enquanto a ciência não produzir e disseminar novos conhecimentos, vamos continuar matando travestis na rua”.

Sobre seu objeto empírico, Dieison salienta a importância do estudo do documentário como representante do cinema queer no Brasil: “O documentário, enquanto mídia, não consiste apenas na representação de uma realidade preexistente. Ele é um cinema e uma mídia constitutiva na nossa realidade histórica, social e cultural”.

Para o professor Cássio Tomaim, orientador do trabalho e coordenador do Poscom, a dissertação desenvolvida por Dieison veio preencher uma lacuna nos estudos do documentário. De acordo com ele, trata-se de um trabalho inovador e crítico no que diz respeito ao cinema queer e à representação de personagens LGBT nos filmes de não-ficção no Sul do Brasil. “Este prêmio só veio coroar a trajetória de pesquisa de Dieison, que desde a iniciação científica na graduação veio perseguindo o tema e os objetos. Trata-se de um trabalho maduro em termos teórico e metodológico que tenho orgulho de ter colaborado enquanto orientador”, afirma Cássio. O professor acrescenta ainda que o prêmio vem celebrar o trabalho sério e competente desenvolvido pelo Programa, justamente no ano em que o Poscom completa 10 anos de atuação: “Espero que este seja o primeiro de muitos outros reconhecimentos que virão aos trabalhos de dissertações e teses de nossos alunos”.

A dissertação “Documentário queer no Sul do Brasil (2000-2014): narrativas contrassexuais e contradisciplinares nas representações das personagens LGBT” foi desenvolvida dentro da Linha de Pesquisa Mídia e Identidades Contemporâneas e defendida em 18 de dezembro de 2015. Atualmente Dieison cursa o Doutorado no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), sob a orientação da professora Dra. Miriam de Souza Rossini.

O Prêmio Compós de Teses e Dissertações Eduardo Peñuela é concedido anualmente, contemplando teses e dissertações defendidas durante o ano anterior e indicadas pelos programas de Pós-Graduação em Comunicação filiados à Compós. Na edição de 2016, 36 dissertações e 14 teses disputaram a premiação. O resultado foi divulgado por e-mail nesta terça-feira, 17 de maio. A entrega da premiação a vencedores e vencedoras será realizada durante o 25º Encontro Nacional da Compós que acontece em Goiânia, entre os dias 07 e 10 de junho.


Publicações Recentes