Ir para o conteúdo PPGA Ir para o menu PPGA Ir para a busca no site PPGA Ir para o rodapé PPGA
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Tarde de Campo no RS apresenta o gladíolo como alternativa de renda na agricultura familiar



Encontro em Tupandi/RS reuniu 65 participantes

Tupandi, no Vale do Caí, sediou no dia 17 de outubro a Tarde de Campo do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar e do Plano Sócioassistencial. O evento foi organizado pela Emater/RS-Ascar do município e teve como cenário a propriedade da família de Ademir e Janice Kochhann, que fica na localidade de Morro da Manteiga. O encontro contou com 65 participantes, a maioria produtores e produtoras da agricultura familiar.

No evento, a Equipe PhenoGlad do Instituto Federal do Rio Grande do Sul – Campus Bento Gonçalves foi representada pela professora Jenniffer Schnitzer Ribeiro e da Equipe PhenoGlad da Universidade Federal de Santa Maria participaram o professor Nereu Augusto Streck, a doutora Josana Andrea Langner e a doutoranda Camila Coelho Becker.

A cultura do gladíolo foi apresentada como alternativa de renda ao agricultor familiar

Durante a tarde, os participantes passaram por duas estações. A primeira foi sobre o Programa de gestão sustentável da agricultura familiar e nesta estação foram apresentados o gladíolo e a esponja vegetal como alternativas de diversificação de culturas e agregação de renda ao agricultor familiar. A estação esteve a cargo da Emater/RS-Ascar de Tupandi e das Equipes PhenoGlad do IFRS -Campus Bento Gonçalves e da UFSM. A segunda estação foi sobre sistemas de produção e saúde da família e legislação sobre depósito de agrotóxicos e foi apresentada pela Emater/RS-Ascar. O destaque da Tarde de Campo foi a cultura do gladíolo, tanto pela novidade para a maioria dos participantes, que não conheciam a flor, como pelo fato que na propriedade da família Kochhann a flor substituiu a cultura da pimenta para agregar renda à cultura principal da pequena propriedade familiar.

Emater, IFRS-Campus Bento Gonçalves e UFSM unidas como Equipe PhenoGlad no encontro

Segundo o extensionista Rural da Emater de Tupandi Gelcy Baumgarten, coordenador do evento, a família Kochhann tem na propriedade a produção de pepino em sistema de cultivo protegido em estufas como principal atividade econômica. “A produção de pepinos iniciou faz três anos após a aposentadoria do Ademir, que trabalhava na iniciativa privada. A partir daí, foi construída uma estufa e com a produção acabou ficando com pouco tempo disponível, a Janice acabou voltando para casa para ficar mais perto da família e da filha e assim investiram na construção da segunda estufa” explica, Gelcy. “No ano passado a família realizou o cultivo da pimenta, cultura que gerou bons resultados, mas o impacto negativo da cultura foi a colheita, pois o produtor passava de duas a três horas ajoelhado para colher as pimentas, sendo colhidas aproximadamente 500 frutinhas para dar 1kg e ganhar R$ 4,80 o que, segundo a família, era um trabalho bastante penoso”, complementa Gelcy. Agora, visando a diversificação de culturas, o trabalho da extensão da Emater propôs a implantação de uma área experimental de gladíolo para substituir a pimenta. A família está bastante empolgada com o cultivo uma vez que necessita pouco manejo, o custo de implantação é considerado baixo e a colheita é mais fácil e gera um bom retorno financeiro à família, conclui Gelcy.

O extensionista da Emater de Tupandi Gelcy Baumgarten apresentou o PhenoGlad Mobile aos participantes

Os participantes ficaram encantados com a flor e disseram que gostariam de cultivar por ser de fácil cultivo e embeleza a propriedade, além de gerar lucro. Os gladíolos produzidos pela família Kochhann já estão sendo colhidos e usados em arranjos florais na Prefeitura e na Emater de Tupandi/RS. A expectativa da família é vender as hastes florais nestas duas semanas e principalmente para o feriado de Finados. Durante a apresentação do gladíolo aos participantes, foram apresentadas as principais práticas de manejo da cultura e o extensionista Gelcy apresentou o PhenoGlad Mobile como a ferramenta que pode ajudar o agricultor que quer produzir gladíolos a planejar sua produção em qualquer época do ano.

Praticas de manejo do gladíolo foram apresentadas pela Equipe PhenoGlad

O PhenoGlad Mobile é uma ferramenta com aplicações de campo para o planejamento e o acompanhamento do cultivo do gladíolo em todos os 497 municípios do estado do Rio Grande do Sul (PhenoGlad Mobile – RS) e em todos os 295 municípios de Santa Cataria (PhenoGlad Mobile – SC). Para atender um maior número de usuários, independente da heterogeneidade de plataformas dos dispositivos, o aplicativo PhenoGlad Mobile – RS é uma aplicação híbrida web-mobile e pode ser instalado em qualquer celular ou tablet com sistema operacional Android. Desde que foi lançado na Expoagro Afibra 2018, em março deste ano, o PhenoGlad Modile vem sendo utilizado no RS e em SC para divulgar o cultivo de gladíolo com alternativa de renda em pequenas propriedades familiares nos dois estados da federação.

A agricultora Janice Kochhann está plantando gladiolo pela primeira vez e está feliz com o resultado

A Tarde de Campo também divulgou a campanha “Flores para Todos”, uma iniciativa das Equipes PhenoGlad no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina e da Emater/RS-Ascar, que visa popularizar a floricultura nos diferentes níveis da sociedade. “Apostamos que todas as pessoas, independente do poder aquisitivo, podem adquirir flores para ornamentar seus lares e assim se tornar pessoas mais felizes”, destaca o professor Streck, da Equipe PhenoGlad. “Por isso temos que produzir flores a um custo baixo para que o agricultor familiar possa ganhar dinheiro e o consumidor tenha um preço que possa pagar. Quanto mais pessoas consumirem flores, mais ganham os produtores, mais o setor empresarial envolvido na cadeia da floricultura é estimulado e mais a floricultura é valorizada como atividade econômica no meio rural e como atividade profissional entre acadêmicos e extensionistas” conclui Streck.

Gladiolos produzidos pela família Kochhann estão embelezando o escritóriio da Emater de Tupandi

 O cultivo de gladíolo na propriedade da família Kochhann é mais um dos projetos de extensão da parceria que a Equipe PhenoGlad com a Emater/RS-Ascar vem desenvolvendo no Rio Grande do Sul desde o início deste ano. O projeto tem por objetivo divulgar a floricultura e o gladíolo como cultura alternativa para agregar renda ao agricultor familiar. A metodologia utilizada é a instalação de unidades demonstrativas com a cultura do gladíolo na propriedade de agricultores familiares e que também são feirantes, de modo que os produtores vendem os gladíolos diretamente ao consumidor, encurtando a cadeia e valorizando a produção local. Ao longo do ciclo da cultura do gladíolo, extensionistas da Emater e integrantes da Equipe PhenoGlad repassam aos agricultores as práticas de manejo, de modo que ao final do projeto, cada agricultor aprenda as técnicas de cultivo, do plantio à colheita.

A primeira fase do projeto visou a produção ode gladíolos para o Dia das Mães 2018. As unidades demonstrativas foram em cinco municípios na jurisdição da regional da Emater de Santa Maria, sendo dois produtores em Cachoeira do Sul e um produtor nos municípios de Nova Palma, Santiago, Santa Maria e Dilermando de Aguiar.

Após a conclusão da primeira fase, foi realizada uma reunião com extensionistas e produtores que participaram da primeira fase.

A campanha “Flores para Todos” foi divulgada no evento

A segunda fase do projeto iniciou no segundo semestre deste ano e visa a produção de gladíolo para o feriado de Finados em novembro este ano. O plantio dos bulbos de gladíolo foi realizado em cinco municípios, quatro na regional da Emater de Santa Maria, sendo, Formigueiro, Itaara, São João do Polêsine e Cachoeira do Sul, e um na regional da Emater Lageado, no município de Tupandi. Os resultados deste projeto são divulgados continuamente nas redes sociais oficiais da Equipe PhenoGlad no Facebook/phenoglad, Instagram@phenoglad e Twitter@phenoglad1. A Equipe PhenoGlad agradece à Emater/RS-Ascar pela parceria neste projeto que envolve entidades públicas a serviço do produtor e da agricultura familiar brasileira. A Equipe parabeniza o escritório municipal da Emater de Tupandi pela organização do evento e por apostar na floricultura como alternativa de renda aos agricultores familiares do município.

Por: Equipe PhenoGlad


Publicações Recentes