Ir para o conteúdo PPGCC Ir para o menu PPGCC Ir para a busca no site PPGCC Ir para o rodapé PPGCC
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Defesa de dissertacao – 18/04 – 14:00 – Sala 321 – Avaliação de Ações Preventivas de Riscos Utilizando Teoria de Decisão e Redes de Petri Coloridas



Título: AVALIAÇÃO DE AÇÕES PREVENTIVAS DE RISCOS UTILIZANDO TEORIA DE DECISÃO E REDES DE PETRI COLORIDAS

Aluno: Daniel Biasoli
Orientadora: Lisandra Manzoni Fontoura

Banca Examinadora:
Lisandra Manzoni Fontoura, Dra. (UFSM) (Presidente/Orientador)
Rodrigo dos Santos Keller, Dr. (ULBRA)
Luis Felipe Dias Lopes, Dr. (UFSM)
Marcos Cordeiro d’Ornellas, PhD (UFSM) – Suplente

Data: 18/04/2012
Hora: 14:00
Local: Sala 321

Resumo:
O gerenciamento de riscos em projetos de software envolve a definição de ações para  prevenir riscos identificados para o projeto, visando minimizar seus efeitos ou eliminá-los. A definição de ações preventivas e, principalmente, a avaliação da eficácia destas na eliminação de um risco, não é uma tarefa trivial. O objetivo desta pesquisa é identificar e propor um método de avaliação de ações preventivas para mitigar ou eliminar riscos, em projetos de software. Esta avaliação tem como base de sustentação uma análise quantitativa orientada pela Teoria de Decisão e modelada e simulada por meio de redes de Petri coloridas. A opção pelo tema revela a importância de prever o impacto e a eficácia da utilização de ações preventivas em projetos de software, antecipando seus possíveis resultados e potencializando suas utilizações. A elaboração desta pesquisa implicou em três etapas de estudos distintas, complementares entre si e realizadas em períodos distintos: a) definir uma abordagem para modelar e simular processos que fosse amplamente aceito pela comunidade científica; b) identificar uma base teórica que fosse capaz de estabelecer um critério para apoiar o processo decisório e, consequentemente avaliar o impacto de ações preventivas de riscos em projetos de desenvolvimento de software; c) avaliar os resultados da simulação baseados na modelagem de ações preventivas de riscos utilizando a base teórica previamente estabelecida. O estudo realizado é de natureza exploratória, analítica e descritiva, combinado com análise documental em fontes bibliográficas, a partir de documentos e informações extraídas na literatura. O método proposto consiste na introdução de uma etapa formal ao processo de avaliação de ações preventivas de riscos. A simulação com redes de Petri coloridas, auxiliada pela Teoria de  Decisão por meio do Teorema de Bayes, além de ter tornado os processos mais compreensíveis, proporcionou uma participação mais efetiva por parte de especialistas envolvidos, além de permitir uma representação matemática formal acoplada a mecanismos de análise para inspecionar riscos em processos adaptados.


Publicações Recentes