Ir para o conteúdo PPGCS Ir para o menu PPGCS Ir para a busca no site PPGCS Ir para o rodapé PPGCS
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Áreas, linhas e projetos

Linhas e projetos de pesquisa nas três áreas de concentração

  • 1. BIODINÂMICA E MANEJO DO SOLO
  • 2. PROCESSOS FÍSICOS E MORFOGENÉTICOS DO SOLO
  • 3. PROCESSOS QUÍMICOS E CICLAGEM DE ELEMENTOS

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: BIODINÂMICA E MANEJO DO SOLO

1. Linha de pequisa: Biotransformações do carbono e nitrogênio

Descrição: Envolve projetos constituídos por experimentos conduzidos em condições de campo e em laboratório para avaliar os fluxos de carbono e o ciclo interno do N no solo com o uso de plantas de cobertura e de dejetos de animais em sistema plantio direto.

Projetos de pesquisa

– Avaliação e modelização da dinâmica do carbono e nitrogênio no solo em agroecossistemas.

– Processos biológicos na utilização de dejetos de animais e outros resíduos agrícolas.

– Uso e impacto de plantas de cobertura e culturas voltadas à agroenenrgia em sistemas agrícolas.

2. Linha de pesquisa: Organismos do solo e insumos biológicos à agricultura

Descrição: Contempla projetos de pesquisa que envolvem estudos com organismos do solo (nematóides e macro e mesofauna), além de bactérias diazotróficas e ectomicorrizas.

Projetos de pesquisa

– Bactérias fixadoras de nitrogênio e associações micorrízicas em ambientes naturais e manejados.

– Biorremediação e fitorremediação de ambientes contaminados.

– Ecologia molecular do solo.

– Meso e macrofauna do solo em sistemas cultivados e naturais

3. Linha de pesquisa: Conservação do Solo e da Água

Descrição: Estudo dos impactos da agricultura aos recursos naturais (solo e água) utilizando a hidrologia e os processos erosivos com a proposição de medidas de conservação do solo que maximizem a produtividade e minimizem os impactos ao solo e aos recursos hídricos.

Projetos de pesquisa

– Monitoramento e modelagem dos processos erosivos.

– Conservação do solo e os sistemas de produção.

– Hidrologia rural.

 


ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: PROCESSOS FÍSICOS E MORFOGENÉTICOS DO SOLO

1. Linha de pesquisa: Gênese, degradação e manejo da estrutura do solo

Descrição: Trata da dinâmica e estado da agregação do solo sob o ponto de vista da pedogênese e da sua relação com o manejo do solo, e mecanismos envolvidos com o fenômeno da dispersão/floculação e argilas, compactação e a formação e estabilização de agregados.

Projetos de pesquisa

– Compactação e estrutura de solos e seus efeitos em cultivos agrícolas e florestais.

– Indicadores da qualidade estrutural de solos.

2. Linha de pesquisa: Relação solo-paisagem

Descrição: Objetiva relacionar o solo, tanto no ambiente rural quanto no ambiente urbano, com as formas de manejo dos solos e de resíduos. As propriedades dos solos são avaliadas e inferências são feitas sobre sua sustentabilidade. .

Projetos de pesquisa

– Identificação e caracterização do recurso solo para avaliação da degradação e sustentabilidade das terras sob diferentes usos.

– Levantamento e mapeamento digital de solos.

– Caracterização da fração mineral e orgânica em solos.

– Gênese, morfologia e classificação de solos e saprolitos.

3. Linha de pesquisa: Água e solutos no sistema solo-planta

Descrição Envolve projetos sobre fluxo e armazenamento de água no solo e sua disponibilidade às plantas. A infiltração, drenagem e disponibilidade de água são avaliadas para diferentes sistemas de manejo e tipos de solo.

Projetos de pesquisa

– Água no solo e hidrologia de pequenas bacias hidrográficas.

– Manejo racional da irrigação e dos recursos hídricos na agricultura irrigada.

 


ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: PROCESSOS QUÍMICOS E CICLAGEM DE ELEMENTOS

1. Linha de pesquisa: Dinâmica de nutrientes e de elementos tóxicos

Descrição: Envolve processos que governam a disponibilidade de nutrientes, efeito de elementos tóxicos, taxas de transformações e técnicas de uso do solo e de água e seus reflexos na produtividade agrícola.

Projetos de pesquisa

– Dinâmica de alumínio e de metais pesados e seus refrlexos na toxidez às plantas.

– Formas e reações de nutrientes do solo e reflexos na disponibilidade às plantas.

2. Linha de pesquisa: Parâmetros da disponibilidade de nutrientes e recomendação da calagem e da adubação

Descrição: Envolve trabalhos relacionados a avaliação de metodologias de análise de solo e de tecido e calibração a fim de subsidiar as tomadas de decisões e as recomendações de fertilizantes e corretivos da acidez visando altas produtividades e preservação ambiental.

Projetos de pesquisa

– Agricultura de precisão aplicada ao manejo químico do solo.

– Calibração visando à recomendação de adubação para as culturas de sequeiro, arroz irrigado por alagmaento e culturas irrigadas por aspersão.

– Manejo de fontes de nutrientes em sistemas de culturas e na produção agroecológica.

– Uso e eficiência da calagem: plantio direto, campo nativo e solos alagados.

3. Linha de pesquisa: Transferência de elementos dos sistemas terrestres para os aquáticos e atmosfera

Descrição: São avaliadas fontes orgânicas à nutrição de plantas e mensuradas as formas de utilização e perdas de elementos do solo e que potencialmente podem comprometer a qualidade da água e do ar.

Projetos de pesquisa:

– Acúmulo e transferência de nutrientes e de substâncias tóxicas resultantes da aplicação de insumos agrícolas, dejetos de animais e outros resíduos agroindustriais.

– Qualidade de águas superficiais e subsuperficiais em microbacias hidrográficas rurais.

– Transferência e modelização de elementos químicos e pesticidas em microbacias hidrográficas.