Ir para o conteúdo PPGEDF Ir para o menu PPGEDF Ir para a busca no site PPGEDF Ir para o rodapé PPGEDF
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Grupo de Estudos Praxiológicos Brasil

GRUPO DE ESTUDOS PRAXIOLÓGICOS BRASIL (GEP)

Estudo Em Atividade

Contato:

Prédio:prédio 51 Sala:Sala 2047 – Centro de Educação Física e Desportos
Apresentação

A Praxiologia Motriz é uma disciplina científica geradora de uma área do conhecimento específica e relevante para o estudo das práticas motrizes. Há mais de quarenta anos, desde a sistematização de seus fundamentos teóricos e metodológicos, se produzem investigações no campo da motricidade e das práticas lúdicas e esportivas. Como campo científico emergente pertencente a área epistemológica da ação motriz, que iniciou nos anos 60 e 70 na Universidade da França, sob a égide do Dr. Pierre Parlebas. A principal obra do autor, denominada “Jeux, Sports et Sociétés. Lexique de Praxéologie Motrice”, foi publicada em 1999, reunindo as principais ideias da área em forma de léxico. Essa área é conhecida também como Teoria da Ação Motriz definida como “Ciência da Ação Motriz e especialmente das condições, modos de funcionamento e resultados de seu desenvolvimento” (PARLEBAS, 2001, p. 354).

Pierre Parlebas segue trabalhando e participando dos eventos científicos da área com grande vínculo com pesquisadores Brasileiros. Em maio de 2014, esteve participando do I Congresso internacional de Praxiologia Motriz, realizado em Manaus. Em outubro de 1998, Parlebas já havia participado do I Congresso latino-americano de Educação motora na cidade de Foz do Iguaçu, PR. No período de 30 de abril a 03 de maio foi realizado na Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, o III SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO DE PRAXIOLOGIA MOTRIZ E III SEMINÁRIO BRASILEIRO DE PRAXIOLOGIA MOTRIZ que também contou com a sua participação. A realização desse evento, que foi centralizada junto ao Grupo de Estudos Praxiológicos (GEP – Brasil), teve o apoio da Associação Internacional de Praxiologia Motriz (AIPRAM). No dia 14 de outubro de 2015 a Unicamp concedeu o título de Doutor Honoris Causa ao professor Parlebas por sua trajetória acadêmica e por suas contribuições relevantes à educação física contemporânea.

REFERÊNCIA

PARLEBAS, P. Léxico de Praxiologia Motriz. Badalona: Editorial Paidotribo, 2011.

Histórico do grupo

A criação do GEP/Brasil ocorreu em 2014 em função da necessidade de aglutinar pesquisadores brasileiros e estrangeiros entorno do tema da Praxiologia Motriz já que o mesmo se encontra no processo de reconhecimento acadêmico no continente latino-americano. No contexto europeu, a praxiologia motriz já possui um status científico com grande inserção nos programas de formação inicial em Educação Física, principalmente em Portugal, Espanha e França. O movimento científico realizado por este grupo vem demonstrando o caminho da internacionalização e da realização conjunta de projetos entre pesquisadores de distintos países relacionados ao tema da Praxiologia Motriz. Com a criação desse grupo, certificado e registrado no diretório de grupo do CNPq (acesse aqui), pretendemos consolidar ainda mais ações científicas dessa natureza, onde destacamos:

– Realização de eventos regionais, nacionais e internacionais;

– Atuação em projetos interinstitucionais de ensino, pesquisa e extensão;

– Realização de intercâmbios científicos de colaboração entre instituições Brasileiras e estrangeiras;

– Produção intelectual conjunta entre os pesquisadores cadastrados.