Ir para o conteúdo PPGEE Ir para o menu PPGEE Ir para a busca no site PPGEE Ir para o rodapé PPGEE
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita
Início do conteúdo

Destaques Institucionais

Histórico

Em 2014, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), através do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com diversas instituições e com as Fundações de Amparo à Pesquisa, no caso a do Rio Grande de Sul (FAPERGS), divulgou a CHAMADA INCT – MCTI/CNPq/CAPES/FAPs nº 16/2014 e convidou a comunidade cientifica brasileira a apresentarem propostas com o objetivo de apoiar atividades de pesquisa de alto impacto científico em áreas estratégicas para a busca de solução de grandes problemas nacionais.

Nesse sentido, o Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Santa apresentou projeto voltado para implantação de uma rede de pesquisa na área de geração distribuída de energia elétrica, com vistas a contribuir para a redução da defasagem científico-tecnológica existente no Brasil. O projeto intitulado INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM GERAÇÃO DISTRIBUÍDA DE ENERGIA ELÉTRICA (INCT-GD). Atendendo a todos os requisitos e etapas da chamada 16/2014 a proposta obteve recomendação favorável dos órgãos financiadores e teve sua implantação a partir de janeiro de 2017.

Missão

Produzir ciência, tecnologia e inovação, formar recursos humanos e transferir conhecimentos na área de Geração Distribuída de Energia Elétrica para o desenvolvimento do setor empresarial e público, e de toda sociedade brasileira.

Visão

Ser referência nacional e internacional na área de Geração Distribuída de Energia Elétrica pelo desenvolvimento de conhecimento e pelo atendimento e antecipação das demandas de desenvolvimento e de qualidade de vida da sociedade brasileira.

Valores

Com base em princípios de ética, transparência e integridade, o INCT – GD defende e preserva um conjunto de valores que orientam continuamente suas estratégias e ações: excelência, eficácia, eficiência, efetividade, qualidade e pioneirismo na execução de suas atividades; Valorização das pessoas, reconhecimento de que o desempenho depende do desenvolvimento, da valorização, do bem-estar e da realização profissional do seu capital humano; Comprometimento, compromisso dos profissionais com o atendimento dos objetivos e com a realização de propósitos comuns e duradouros; Pluralidade, respeito à diversidade de ideias e opiniões e estímulo à criatividade em harmonia com a missão.

Para mais informações, acesse o site aqui.

DINTER UFSM – UNIR

1. PROJETO DE DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL EM ENGENHARIA ELÉTRICA – DINTER

PROMOTORA: UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA – UFSM
Coordenador: Ph.D. José Renes Pinheiro
Professor Titular, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.

RECEPTORA: UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA – UNIR
Coordenador: Dr. Carlos Alberto Tenório de Carvalho Júnior
Professor Associado II, Líder do Grupo de Pesquisa em Modelagem de Sistemas Elétricos.

Relatório Final de Execução (2012 – 2016)

1.2. Teses de Doutorado 

  1. Cicero Hildenberg Lima de Oliveira. APLICAÇÃO DE LEDS NA MICROSCOPIA ÓPTICA AO DIAGNÓSTICO DA MALÁRIA, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2016.
  2. Elaine Aparecida de Lima Vianna. PRIORIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO EM SUBESTAÇÕES COM FOCO NA CONFIABILIDADE E NA REMUNERAÇÃO DA FUNÇÃO TRANSMISSÃO, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017.
  3. Paulo Roberto de Oliveira Borges. REPOTENCIALIZAÇÃO DE SISTEMAS DE DISTRIBUIÇÃO RURAIS MONOFÁSICOS POR MEIO DE DOIS CABOS AÉREOS O O SOLO COMO A TERCEIRA FASE, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017.
  4. Letícia Carvalho Pivetta, SISTEMA DE PROJETOS OTIMIZADOS DE CONVERSORES ESTÁTICOS (POCE) USANDO ALGORITMOS GENÉTICOS, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017. 
  5. Antonio Carlos Duarte Ricciotti. MODULAÇÃO DESCONTÍNUA PARA CONVERSORES COM PERNAS EM PARALELO MAGNETICAMENTE ACOPLADAS, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017.
  6. Ciro José Egoavil Montero. MONITORAMENTO REMOTO E SEGURO DO CAMPO ELETROMAGNÉTICO EM LINHAS D TRANSMISSÃO DE ALTA TENSÃO, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017.
  7. Cláudio Luiz do Amaral Santini. UM CONTROLADOR ÓTIMO ROBUSTO APLICADO A INVERSORES CONECTADOS À REDE, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Área de Concentração em Processamento de Energia, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS), 2017.

PROCAD UFSM – UFPE

Edital: CAPES / Programa Nacional de Cooperação Acadêmica – Edital N° 071/2013

Título do projeto: Conversores Estáticos e Estratégias de Controle para Conexão de Sistemas Geradores Fotovoltaicos à Rede Elétrica

Instituição proponente:

UFSM – Universidade Federal de Santa Maria

CT – Centro de Tecnologia

PPGEE – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Instituição associada 1:

UFPE – Universidade Federal de Pernambuco

CTG – Centro de Tecnologia e Geociências

PPGEE – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Instituição associada 2:

UDESC – Fundação Universidade do Estado de Santa Catarina

CTC – Centro de Ciências Tecnológicas

PPGEEL – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Coordenador geral: Leandro Michels (UFSM)

Comitê Assessor:     EE – Engenharia Elétrica e Biomédica

Área de Conhecimento: Eletrônica Industrial, Sistemas e Controles Eletrônicos.

Vigência: Out/2014 – Out/2020

Objetivos:

Este projeto visar fortalecer a interação científico-acadêmica entre grupos de pesquisa de três programas de pós-graduação em Engenharia Elétrica das Regiões Sul (UFSM e UDESC) e Região Nordeste (UFPE) do Brasil, de competência reconhecida nas áreas de Eletrônica de Potência e Sistemas de Controle, formando uma rede de cooperação para o desenvolvimento de conversores estáticos de potência e suas estratégias de controle para a conexão de geradores solares fotovoltaicos de energia na rede elétrica de distribuição.  A cooperação proposta busca auxiliar no processo de desenvolvimento tecnológico nacional para o aproveitamento da potencialidade da energia solar fotovoltaica, ainda pouco aproveitada no Brasil.  Um dos fatores necessários para o desenvolvimento desta tecnologia é a qualificação da indústria nacional para o desenvolvimento de equipamentos que supram estes setores, que se dá tanto através de pesquisa quanto de qualificação de mão-de-obra especializada.

Os objetivos específicos são os seguintes:

i. Conceber, projetar e simular topologias de conversores estáticos de alto desempenho para conexão de fontes renováveis de energia na rede de distribuição de energia, em especial de energia solar fotovoltaica;

ii. Conceber, projetar e simular estratégias de controle para conversores estáticos empregados na conexão de geradores fotovoltaicos de energia na rede de distribuição de energia;

iii. Implementar os sistemas propostos e comparar seus desempenhos com sistemas similares apresentados na literatura;

iv. Analisar a conformidade com as normas nacionais e internacionais relativas à qualidade da energia produzida e consumida pelos sistemas propostos;

v. Compartilhar os diferentes conhecimentos associados ao tema de Energia Solar Fotovoltaica entre os diferentes pesquisadores das equipes, criando uma rede de colaboração técnico-científica;

vi. Formar recursos humanos qualificados para as áreas de Geração Fotovoltaica, Geração Distribuída, Fontes Renováveis de Energia, Eletrônica de Potência e Sistemas de Controle;

vii. Fortalecer a infraestrutura de pesquisa dos grupos de pesquisa nas áreas de Geração Distribuída e Fontes Renováveis de Energia;

viii. Aumentar a publicação de artigos em congressos e periódicos de qualidade reconhecida pela área com o envolvimento de alunos.

Ações já realizadas/em andamento até o momento:

Foram realizadas reuniões, encontros, seminários, palestras, (co) orientações, tutoriais, defesas, missões de trabalhos e estudos, e produção de artigos científicos no âmbito do projeto PROCAD, pode-se citar (apresentadas no item 10) em números:

i. Seminário realizados – 2

ii. Tutoriais realizados – 1

iii. Artigos científicos no tema do projeto publicado por pesquisadores vinculados ao PROCAD no período – 79

iv. Participação em eventos científicos custeados pelo PROCAD – 5

v. Defesas de mestrado, doutorado e qualificação de doutorado com participação de docentes PROCAD de mais de uma instituição em bancas – 10

vi. Missões de trabalho/estudos – 29

Destacam-se os seguintes resultados obtidos:

1) Realização de 9 missões de estudo de alunos completa, com duração mínima de 4 meses. Resulta em uma imersão do aluno nos grupos de pesquisa das instituições de ensino, possibilitando a ele viver novas experiências e criar novas redes de relacionamento, bem como transmitindo essa experiência no retorno à sua instituição de origem;

2) Implementação de ao menos cinco (5) protótipos de conversores estáticos controlados em malha fechada para o estudo da conexão de sistemas fotovoltaicos na rede elétrica de distribuição; (7) protótipos de conversores estáticos controlados em malha fechada foram construídos no período:

3) Desenvolvimento e implementação de circuitos eletrônicos auxiliares para alimentação, acionamento, comando e proteção de dispositivos semicondutores de potência;

4) Desenvolvimento de ferramentas computacionais (softwares) de auxílio ao projeto (CAD e CAE) dos conversores estáticos e de seus sistemas de controle;

5) Disseminação do conhecimento técnico entre os grupos de pesquisa envolvidos. Os seminários realizados e as missões de estudo de alunos com coorientações disseminaram os conhecimentos distintos entre as instituições.

2017

Relação de artigos do PPGEE premiados no XIV Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência – COBEP 2017:

  1. Prof Leandro Michels: Best Paper – “Cascaded MPPT control with adaptive voltage controller applied to boost converters for PV applications”. 
  2. Prof Cassiano Rech: Menção Honrosa – “Extension of the operating region of a nine-level asymmetrical flying capacitor inverter”.
  3. Prof Vinicius Foletto Montagner: Menção Honrosa – “Experimental evaluation of robust and nonrobust H-infinity controllers for three-phase grid-connected”.

O artigo intitulado “Cascaded MPPT control with adaptive voltage controller applied to boost converters for PV applications”, de autoria de  Lucas Vizzotto Bellinaso (UFSM-CS), Leandro Michels (UFSM-CT), Mauro Fernando Basquera Jr (PHB Eletrônica Ltda)., Rodrigo Padilha Vieira (UFSM-CT) e Hilton A. Gründling  (UFSM-CS) recebeu prêmio de melhor artigo no XIV Congresso Brasileiro de Eletrônica de Potência (COBEP 2017). O COBEP é o maior evento da área de Eletrônica de Potência da América Latina, sendo que nessa edição estão sendo apresentados cerca de 220 trabalhos. 

 

2018

O aluno de doutorado do PPGEE/UFSM, Gleisson Balen, obteve o 1º lugar no 2018 IAS CMD Student Thesis Contest – categoria Non-PhD. O trabalho teve a orientação do Prof. Humberto Pinheiro. O concurso, promovido pela IEEE Industry Applications Society, elegeu as melhores teses e dissertações elaboradas por membros da IAS, com participantes de todo o mundo.

O aluno Renan Rodrigo Duarte recebeu menção honrosa pela Dissertação, defendida em 2017 e intitulada “Estudo comparativo entre semicondutores de silício e nitreto de gálio em circuitos de acionamento de LEDs”, orientador Prof. Marco Antônio Dalla Costa.

O Prof. Hélio Leães Hey foi agraciado com o Prêmio Pesquisador Gaúcho 2018, na área de Engenharia, pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul (Fapergs).

 

2019

O doutorando Felipe Loose obteve o 2º lugar no 2019 IAS CMD Student Thesis Contest – categoria Non-PhD. O trabalho intitulado “Visible Light Communication Technique in a Step Down DC/DC Converter for LED Lighting” teve orientação do Prof. Dr. Alexandre Campos. Este concurso, promovido pela IEEE Industry Applications Society, elege as melhores teses e dissertações elaboradas por membros da IAS, com participantes de todo o mundo.
O mestrando Guilherme Ricardo Hubner obteve o 2º lugar no concurso de melhores Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) denominado 2019 IAS Zucker Design Contest, categoria individual. O trabalho intitulado “Mechanical Vibration Data Acquisition System for Small Wind Turbine” teve a orientação do Prof. Claiton Moro Franchi. Este concurso elege os melhores TCCs de alunos da graduação elaborados por membros da IAS, no mundo inteiro.

O capítulo IAS/IES/PES/PELS Joint Chapter – South Brazil Section – R9 é uma subunidade técnica da seção IEEE Sul Brasil – Região 9. O Instituto de Engenheiros Eletricista e Eletrônicos – IEEE é a maior organização mundial profissional, atualmente possui mais de 465.000 membros em mais de 160 países. A missão nuclear da IEEE é promover a inovação tecnológica e a excelência para o benefício da humanidade. Os capítulos da IEEE são agentes de conexão local para os mais variados recursos disponíveis e de suas 39 Sociedades técnicas, que vão deste a nanotecnologia até a engenharia aeroespacial.

Dentre as atividades promovidas pelo IAS/IES/PES/PELS Joint Chapter – South Brazil Section – R9 esta a realização de palestras, workshops e seminários, bem como atividades sociais assistenciais.

Os Capítulos IEEE oferecem aos membros da Sociedade oportunidades valiosas para a rede local, permitindo o crescimento pessoal e profissional.

 

O Instituto dos Engenheiros Elerrônicos e Eletricistas, IEEE, foi fundado em 1963, e hoje é uma das maiores associações técnicas profissionais do mundo, com mais de 421.355 membros em mais de 160 países. Destes, mais de 114.450 são membros Estudantes. Seu propósito principal é incentivar a inovação tecnológica para o benefício da humanidade, especialmente nas áreas de Engenharia Elétrica e Eletrônica, Comunicações, Engenharia da Computação, Ciência da Computação, Tecnologia da Informação e disciplinas afins. O IEEE é subdividido em 39 sociedades, cada uma com foco em uma área de conhecimento específica. As Sociedades disponibilizam publicações e conferências revisadas por pares, networking e outros serviços, e são organizadas localmente em Capítulos. Existem 2.116 Capítulos profissionais ao redor do mundo, 2.806 Ramos Estudantis em faculdades e universidades em mais de 100 países e 1.159 Capítulos de Ramos Estudantis das Sociedades técnicas do IEEE.

Neste contexto, nós da Universidade Federal de Santa Maria, UFSM, instituímos um Ramo Estudantil do IEEE com o propósito de promover localmente a pesquisa, inovação e disseminação do conhecimento em nossa Universidade e comunidade, ajudando outros a evoluir em suas carreiras profissionais e vidas pessoais. Um Ramo Estudantil permite a formação de múltiplos Capítulos de Estudantes das Sociedades do IEEE, aproximando alunos de graduação e pós-graduação que compartilham os mesmos interesses técnicos.

O Ramo Estudantil IEEE UFSM foi instituído em 10 de Maio de 2016. Para ser um membro do nosso RE, você só precisa ser membro do IEEE. E por que você deveria fazer isso? Aqui estão alguns dos benefícios para Membros Estudantes do IEEE:

– Acesso a conhecimento tecnológico de ponta, através de publicações como IEEE Spectrum Magazine, IEEE Potentials Magazine, dedicada a alunos de graduação e pós-graduação e jovens profissionais, e o banco de dados IEEExplore, que contém todos os artigos publicados nas conferências e revistas do IEEE;

– Oportunidades de networking;

– Descontos especiais e privilégios em eventos como conferências, seminários e workshops, promovidos pelo nosso RE e Capítulos relacionados, e pelas Sociedades IEEE, localmente e no exterior;

– Desenvolvimento pessoal, pois o IEEE ajuda no desenvolvimento de uma identidade profissional ao melhorar habilidades de comunicação e liderança e promover conexões locais, tanto no ambiente acadêmico como no industrial;

– Competições e prêmios.

Para informações adicionais, acesse o website www.ufsm.br/ieeesb

O Student Branch possui os seguintes capítulos (clique na imagem para acessar cada um):

Aluno do PPGEE é nomeado IAS Chapters Area Chair da América Latina na IEEE IAS: 
Caio Ruviaro Dantas Osório, doutorando do PPGEE, aceitou o convite da IEEE Industry Applications Society (IAS), através de seu Chapters and Membership Committee (CMD), para ser o “IAS Chapters Area Chair” da Região 9 – América Latina, a partir de 2019.
A posição de “Presidente de Área” é voluntária, sendo o elemento de conexão entre os capítulos estudantis de uma determinada região (América Latina, neste caso) e o CMD da IAS. As funções incluem apoiar e promover as atividades destes Capítulos, bem como levar possíveis demandas à IAS.


Docente do PPGEE assume como Chair MSDAD do IAS:
No final do mês de fevereiro deste ano, o Prof. Marco Antônio Dalla Costa assumiu como Presidente (Chair) do Departamento Técnico (Technical Department) MSDAD (Manufacturing Systems Development and Applications Department) do IAS. 
Para visualizar o comitê executivo do IAS, acesse https://ias.ieee.org/about-ias/ias-roster.html.

Durante o mês de maio de 2018, os professores Cassiano Rech e Marco Antônio Dalla Costa, ambos do PPGEE/UFSM, foram indicados para atuarem como Editores Associados de importantes periódicos na área Engenharias IV da CAPES.
Os professores irão atuar como Editores Associados da IEEE Transactions on Industrial Electronics (periódico Qualis A1 da CAPES, com fator de impacto 7,168). Trata-se do 12º periódico com maior fator de impacto em toda área de Engenharia Elétrica e com significativa importância em diversas áreas da Engenharia Elétrica.
Além disso, o Prof. Marco também atuará como Editor Associado do IEEE Journal of Emerging and Selected Topics in Power Electronics (também com classificação Qualis A1 da CAPES, com fator de impacto 4,269).