Ir para o conteúdo PPGLETRAS Ir para o menu PPGLETRAS Ir para a busca no site PPGLETRAS Ir para o rodapé PPGLETRAS
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Jovens do ensino médio apresentam trabalhos na JAI: relações entre escolas da região e o PPGL-UFSM



O Grupo de Estudos PALLIND, coordenado pela Profa. Dra. Verli Petri (DLV-PPGL/UFSM), neste ano de 2019, contou com a colaboração de jovens pesquisadores do ensino médio de Santa Maria (vinculados ao espaço do Laboratório Corpus) e de Silveira Martins (vinculados ao Centro de Documentação e Memória). Os alunos Igor Rossato e Nicóli de Mello, estudantes do 1º ano do Colégio Técnico Industrial de Santa Maria (CTISM), onde cursam o técnico em Mecânica; bem como os alunos Ana Carolina Bovolini e Gabriel Almeida, estudantes do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual de Educação Básica Bom Conselho, são bolsistas CNPq/PIBC-EM. Eles têm como orientadora a Profa. Dra. Verli Petri e como co-orientadora a mestranda do PPGL Thaís Costa. 

Thaís Costa (Mestranda PPGL/UFSM), Gabriel Almeida e Ana Carolina Bovolini

      Recentemente, no dia 22 de outubro, durante o turno da manhã, os alunos Ana Carolina Bovolini e Gabriel Almeida apresentaram o banner, com resultados parciais da pesquisa, na Jornada Acadêmica Integrada (JAI). Os primeiros verbetes e fotografias que constituirão o “Primeiro Dicionário Compartilhado de Silveira Martins”, encantou os visitantes. Já os estudantes Igor Rossato e Nicóli de Mello, fizeram uma apresentação oral, por meio de slides com o tema “As gírias utilizadas nos diferentes meios de comunicação online atualmente”, o que suscitou profícuas discussões na sala de comunicações orais da qual fizeram parte, juntamente com alunos de graduação e de pós-graduação em Letras.

      O trabalho dos alunos do Bom Conselho tem como principal objetivo mostrar para as pessoas uma nova visão da cidade de Silveira Martins incluindo pontos turísticos, estabelecimentos locais, comidas típicas e principalmente, a mescla do dialeto italiano com o português formando uma espécie de “língua falada” silveirense. Como foi iniciado há pouco tempo, apresentaram-se poucos verbetes com suas respectivas fotos. Nos próximos meses continuarão as entrevistas com os moradores, o que deve resultar no aumento gradativo do número de verbetes, fotos e depoimentos. A previsão de término do presente projeto é agosto de 2020, o que deve culminar com a publicação de um livreto em forma de dicionário.

      Já o trabalho dos alunos do CTISM, também é relativamente recente, sendo datado seu início no dia 1 de agosto de 2019. Ele tem por objetivo problematizar o uso das gírias pelos diferentes grupos sociais que utilizam a linguagem oral para se expressarem através delas. Com esse intuito, eles exemplificaram com “posts” de redes sociais algumas dessas gírias, as quais são usadas no nosso dia a dia, estabelecendo comparações com os sentidos estabelecidos no dicionário.

Igor e Nicoli

Para a realização da apresentação tanto oral quanto em banner, aconteceram muitos encontros preparatórios: os estudantes se reuniam periodicamente para debater e melhorar o trabalho em suas respectivas escolas em períodos inversos ao de suas aulas. Assim, eles puderam questionar quais seriam os meios que utilizariam para tornar o objetivo principal do trabalho concreto, e desta forma, fazer uma melhor apresentação possível, dando a conhecer o trabalho que pode ser realizado em cooperação entre as escolas e a universidade.


Publicações Recentes