Ir para o conteúdo PPGQ Ir para o menu PPGQ Ir para a busca no site PPGQ Ir para o rodapé PPGQ
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

Seminários I – 16 de novembro/2020



Seminários I  

Na disciplina QMC966 – Seminários I, serão apresentados os seminários das 13:30 às 15:30 na segunda-feira, dia 16 de novembro:

 

Discente: Cristiane Pappis

Título: Método de triagem para flúor extraível organicamente ligado (EOF) em amostras de água de rio e quantificação por meio de espectrometria de absorção molecular com forno de grafite e fonte contínua de alta resolução (HR-CS GF MAS)

Resumo

Desde meados do século XX tem-se observado uma crescente liberação de compostos organofluorados no meio ambiente, representando um risco de poluição ambiental. Desta forma, o desenvolvimento de métodos analíticos que permitam a quantificação por parâmetro de soma de flúor extraível organicamente ligado torna-se extremamente importante para o monitoramento ambiental. Neste contexto, a extração em fase sólida (SPE) e quantificação por espectrometria de absorção molecular com forno de grafite e fonte contínua de alta resolução (HR-CS GF MAS) apresenta resultados satisfatórios para a determinação de flúor organicamente ligado em águas superficiais, alcançando  limites de detecção e quantificação da ordem de ng L-1.

 

Discente: Milena Pendeza de Avila  

Título: Uso de eletrodos impressos para a detecção eletroquímica de fentanil por voltametria

Resumo

O fentanil, opióide sintético que antes era usado apenas como aliado no alívio da dor hoje ganha uma nova face no mercado das drogas, trazendo a comunidade forense um grave problema. Devido a necessidade de ferramentas capazes de identificar pequenas quantias da droga em cenas de crime, surge o desenvolvimento de sensores eletroquímicos específicos para o monitoramento da droga. Diversos trabalhos vêm sendo registrados nos últimos anos com esse intuito, e o uso da voltametria como técnica eletroquímica de análise têm ganhado grande destaque nesse cenário visto sua portabilidade, baixo custo e bons limites de detecção e quantificação. O presente seminário visa demonstrar alguns desses estudos e as perspectivas do tema.

 

Discente: Gustavo Henrique Weimer

Título: 1,2,5-Tia-e 1,2,5-selenodiazóis fundidos: síntese e aplicações na química de materiais

Resumo

Sintetizados pela primeira vez há mais de 130 anos por Hinsberg, os 1,2,5-calcogenodizóis fundidos a outros compostos aromáticos têm ganhado considerável atenção na química devido às suas propriedades físicas. Os estudos das propriedades dos compostos derivados de 1,2,5 tia- e selenodiazóis permitiram a sua utilização em materiais fotovoltáicos, como células solares e dispositivos OLEDs (organic ligth-emitting diodes). Além disso, o emprego na biomedicina como marcadores biológicos também já foi reportado. A fim de aperfeiçoar suas propriedades, funcionalizações destes compostos foram propostas através de diversas metodologias sintéticas, dentre elas destacam-se as reações de Stille, Suzuki-Miyaura, Sonogashira e Heck.

 

Os seminários estão abertos ao público, pela videoconferência no Microsoft Teams. Interessados podem entrar em contato com o Prof. Robert (rburrow@ufsm.br) .


Publicações Recentes