Ir para o conteúdo PPGQ Ir para o menu PPGQ Ir para a busca no site PPGQ Ir para o rodapé PPGQ
  • Acessibilidade
  • Sítios da UFSM
  • Área restrita

Aviso de Conectividade Saber Mais

Início do conteúdo

QMC967 Seminários II – 01 de fevereiro de 2021



Na disciplina QMC967 – Seminários II, serão apresentados os seminários das 15:30 às 19:30 na segunda-feira, dia 01 de fevereiro de 2021:

 

 

Discente: Inaiá Oliveira da Rocha

TítuloSíntese estereosseletiva moderna de compostos sulfinil quirais 

Resumo

Compostos sulfinil quirais têm provado sua utilidade e versatilidade na síntese estereosseletiva moderna, servindo como precursores, catalisadores e ligantes em várias preparações de moléculas-alvo importantes, principalmente para aplicações biomédicas.

Esses são comumente conhecidos, por um átomo de enxofre estereogênico conectado por uma ligação polar, parcialmente dativa, a um átomo de oxigênio eletronegativo. Os métodos são os mais diversos na preparação enantiomericamente pura dos compostos sulfinil quirais, podendo ser distinguidos levando em consideração qual ligação é formada no decorrer da reação. Alternativamente, derivados sulfinil podem ser convertidos em outros derivados (como por exemplo, sulfóxidos, sulfinatos, sulfinamidas, dentre outros) de uma maneira estereoespecífica, com a formação concomitante da ligação enxofre-carbono ou enxofre-heteroátomo (N, O, S).

 

 

Discente: Thaíssa Silva Beck

TítuloTransformações não convencionais de adutos de Morita-Baylis-Hillman 

Resumo

A reação de Morita-Baylis-Hillman (MBH) é caracterizada pelo acoplamento carbono−carbono presente na posição α de um alceno ativado com um eletrófilo de carbono que contém em sua estrutura um carbono sp² deficiente de elétrons, empregando um catalisador nucleofílico. Reações de alquilação alílica assimétrica (AAA), como a MBH, são uma importante abordagem para a síntese enantio-regiosseletiva de novos estereocentros e originam produtos extremamente versáteis. Os produtos obtidos da reação MBH estão sendo empregados em metodologias catalíticas alternativas, chamadas de transformações catalíticas não convencionais, que podem ser classificadas em 3 grupos principais: (i) Transformações catalíticas one-pot e em cascata: em que ligações são formadas após a formação da ligação alílica, catalisada por base de Lewis em uma única operação sintética; (ii) Transformações de α alilação: a partir de uma substituição nucleofílica, em que o nucleófilo (Nu-) ataca o carbono α do aduto MBH e obtêm-se alcenos trissubstituídos como produtos da reação; e (iii) Ativação dupla: em que, primeiramente, ocorre a ativação do nucleófilo e eletrófilo por dois lugares ativos distintos através de um catalisador molecular, após, cada substrato é ativado por um catalisador diferente através de dois ciclos catalíticos. Considerando a diversidade do portfólio de reatividade dos materiais de partida MBH, um desenvolvimento ainda maior, nessa área da química, deve ser esperado.

 

Os seminários estão abertos ao público, por videoconferência no Google Meet. Interessados podem entrar em contato com o Prof. Sailer (sailer.santos@ufsm.br) com antecedência, e fazer acesso via e-mail institucional (com final @acad.ufsm.br).

 

________________

 

Sailer S. dos Santos, Dr.

Adjunct Professor | Department of Chemistry | Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) | RS – Brazil

Building 18 | Room 2027 | Phone: +55 55 3220 8718 | sailer.santos@ufsm.br

 


Publicações Recentes